• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • maio 2015
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 48/2015, 28/05/2015.

unnamed (12)

Dia 29, a Universidade vai DIZER NÃO à Terceirização, aos cortes e à supressão de direitos!

Dia 29 de Maio é Dia Nacional de Paralisação

contra o PL das Terceirizações e demais medidas que promovem cortes

e retiram direitos trabalhistas, sociais e previdenciários:

Dia 29, a Universidade vai DIZER NÃO à Terceirização e aos cortes!

PAUTA:

1-Nesta sexta-feira, 29 de Maio, aderir ao Dia Nacional de Paralisação e Manifestações para DIZER NÃO à Terceirização, aos cortes, à retirada de direitos!

2-Assembleia lotada deliberou adesão dos técnico-administrativos da UFRGS, UFCSPA e IF-RS à greve nacional por tempo indeterminado; a decisão foi aprovada em Assembleia com mais de 400 servidores.

3-Porto Alegre: entre outras entidades, Sindicatos dos Rodoviários e dos Metroviários decidem aderir ao Dia Nacional de paralisação e vão cruzar os braços para barrar o PL da Terceirização, os cortes e retiradas de direitos.

1-Nesta sexta-feira, 29 de Maio, aderir ao Dia Nacional de Paralisação e Manifestações para DIZER NÃO à Terceirização, aos cortes, à retirada de direitos!

Screen Shot 2015-05-26 at 10.05.07 PM

Os eixos da paralisação são:

-contra o PL da Terceirização (PL 4330, agora denominado PLC 30/2015);

-contra as Medidas Provisórias (MPs) 664 e 665;

-contra o “ajuste fiscal” que promove cortes nos gastos sociais (corte de 11 bilhões na Saúde e 9,4 bilhões na Educação);

-contra a retirada de direitos trabalhistas, sociais e previdenciários.

Agenda das atividades no Dia 29 de Maio

-Paralisação!

-concentração dos três segmentos da UFRGS, a partir das 9h00 na frente da Faculdade de Educação – FACED, para caminhada até o Centro;

-11h00: Ato Unitário das sete centrais sindicais, na frente do prédio da Fecomércio/RS (Federação do Comércio), Av. Alberto Bins, 665, Centro.

Quem convoca o Dia Nacional de Paralisação de 29 de Maio?

A Jornada é convocada por sete centrais sindicais: CSP-Conlutas, CUT, CTB, Intersindical-CCT, NCST, UGT e Intersindical-ILOCT, e também por diversas entidades nacionais, entre as quais o ANDES-SN, a Fasubra, o Sinasefe e o Fórum das Entidades Nacionais de Servidores Federais (Fonasef).

A Assembleia Geral Docente da UFRGS, convocada por esta Seção Sindical e ocorrida em 14/05, aderiu ao Dia Nacional de Paralisação e convida os professores da UFRGS a protestar paralisando.

No dia 29, vamos mostrar que a Universidade Pública NÃO vai pagar pela crise,

que a Universidade vai DIZER NÃO à Terceirização, às medidas antisociais e aos cortes!

 image010 (1)

image014

Fontes: CSP-Conlutas e ANDES-SN.

2-Assembleia lotada deliberou adesão dos técnico-administrativos da UFRGS, UFCSPA e IF-RS à greve nacional por tempo indeterminado; a decisão foi aprovada em Assembleia com mais de 400 servidores

Dirigida pela Assufrgs, a greve deve começar nesta quinta-feira, 28 de maio, com Assembleia Geral de deflagração, que acontece às 9h00 no pátio da Reitoria.

A greve é nacional, dirigido pela Fasubra, e articulado com o movimento reivindicativo dos demais servidores federais, coordenado pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Federais (Fonasef).

unnamed (14)

Leia maisaqui.

Fonte: Assufrgs, com edição pela Seção Sindical/UFRGS.

3-Porto Alegre: entre outras entidades, Sindicatos dos Rodoviários e dos Metroviários decidem aderir ao Dia Nacional de paralisação e vão cruzar os braços para barrar o PL da Terceirização, os cortes e retiradas de direitos

Acompanhando o Dia Nacional de Paralisação e Manifestações, o Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre informou que os ônibus não vão circular nesta sexta-feira 29.

O Sindicato dos Metroviários (Sindimetrô-RS) decidiu, também, aderir à paralisação nacional convocada pelas centrais sindicais, o que deve prejudicar a circulação do Trensurb, na próxima sexta-feira. A decisão, unânime, foi tomada em Assembleia Geral realizada durante a tarde desta quarta-feira.

Outras categorias, como bancários e servidores estaduais, incluindo os professores filiados ao Cpers, também se engajaram na mobilização e paralisação.

Screen Shot 2015-05-15 at 9.56.33 PM

O Dia 29 de Maio foi convocado para lutar: contra o Projeto de Lei (PL) 4330 (agora PLC 30/2015)  que amplia e libera a terceirização, o qual aguarda apreciação no Senado; contra o chamado “ajuste fiscal” (que promove cortes no orçamento federal!) e contra as Medidas Provisórias (MPs) 664 e 665 que dificultam o acesso à concessão do auxílio-doença, pensão por morte, abono salarial e ao seguro-desemprego.

Leia a matéria sobre a decisão dos Rodoviários aqui, e sobre a dos Metroviários aqui.

Fonte: Correio do Povo on-line, com edição da Seção Sindical/UFRGS.

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: