• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartão TRI Passagem Escolar

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • novembro 2018
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

ORIENTAÇÕES PRELIMINARES DO ANDES-SN PARA GARANTIA CONSTITUCIONAL DE LIBERDADE DE CÁTEDRA

07 de novembro de 2018

Frente à apologia da censura na sala de aula, o Andes-SN divulga aos docentes orientações para a defesa da liberdade de ensinar.  As orientações são válidas para docentes das Universidades Públicas, Institutos Federais e CEFET.

Leia o texto completo »

Audiência Púbica debate manifestações em escolas de POA

Tonico Alvares / Divulgação

 

Em plenário lotado, a Câmara Municipal de Porto Alegre realizou, na última terça-feira (06), audiência pública sobre as manifestações de estudantes em escolas privadas de Porto Alegre. O debate foi promovido pelas comissões de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) e de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh).

De acordo com a presidente da sessão, a vereadora Comandante Nádia (MDB), a reunião aconteceu em função da alta demanda de pais incomodados com as manifestações dos estudantes após o resultado das eleições presidenciais. No entanto, o que se viu no plenário foi uma maioria em defesa da democracia e da liberdade de expressão, exaltando a inconstitucionalidade do projeto Escola sem Partido – também pauta da reunião – e criticando práticas de censura e difamação em ambiente escolar.

Leia o texto completo »

Andifes, ANDES-SN, Fasubra, Proifes e UNE formam Frente pela Democracia

Em reunião realizada na última terça-feira (06), as entidades Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil), ANDES-SN, Fasubra (Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil), Proifes (Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico) e UNE (União Nacional dos Estudantes) afinaram a construção de uma Frente Ampla em Defesa da Democracia.

Leia o texto completo »

Frente Escola sem Mordaça define ações de resistência

07 de novembro de 2018 

Reunidos em 1º de novembro na sede do ANDES-SN, integrantes da Frente Escola sem Mordaça (ANDES-SN, SINASEFE, Fasubra, ABEPSS, SINDSCOPE, Movimento Educação Democrática, ADUFS-Bahia, ABEM, CFESS, Campanha Nacional pelo Direito à Educação), juntamente com a Assessoria Jurídica Nacional do ANDES-SN, alinharam os próximos passos para lutar contra os projetos de Escola Sem Partido, que ganharam força nos últimos dias, com a eleição de Jair Bolsonaro. A seguir, estão os encaminhamentos da reunião, além de orientações para os docentes. Confira:

  Leia o texto completo »

Entidades da educação federal preparam mobilização

05 de novembro de 2018

Entidades como ANDES-SN, Fasubra (Federação de Sindicatos dos Trabalhadores em Universidades Brasileiras), Sinasefe (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica) e UNE (União Nacional dos Estudantes) realizarão reuniões semanais para organizar ações sistemáticas em protesto contra prováveis medidas do novo governo federal. A decisão foi tomada na última quinta-feira (01), em Brasília, após o vice-presidente eleito, General Mourão, anunciar a possibilidade de transferir a gestão das universidades federais do Ministério da Educação (MEC) para o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Leia o texto completo »

Justiça de SC exige que deputada exclua cerceamento a professores

05 de novembro de 2018

Em resposta a uma ação movida pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), um juiz da vara da Infância e Adolescência do estado concedeu liminar na última quinta-feira (1º) exigindo que a deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL) exclua de suas redes sociais o pedido para estudantes denunciarem professores por “doutrinação”.

O juiz Giuliano Ziembowicz também solicita que a deputada, que incitou estudantes a filmarem professores, se abstenha de criar, manter, incentivar ou promover qualquer modalidade particular de serviço de denúncia das atividades de servidores públicos, sob pena de multa diária de mil reais.

Leia o texto completo »

Audiência Púbica debaterá manifestações em escolas de POA nesta terça

05 de novembro de 2018

As Comissões de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana e de Educação, Cultura Esporte e Juventude da Câmara de Vereadores de Porto Alegre realizarão audiência pública nesta terça-feira (06) para tratar sobre “Manifestações de Opinião Pública em Escolas Privadas”. A Frente Gaúcha Escola sem Mordaça alerta que o objetivo da iniciativa é inibir ações como as que ocorreram no Colégio Marista Rosário, onde os alunos deram uma aula de cidadania se posicionando a respeito do resultado das eleições presidenciais.

Leia o texto completo »

Assembleia Geral e Plenária afinam ações pela Democracia

Os recentes ataques à autonomia universitária, além de ameaças a alunos e professores dentro das instituições de ensino, motivaram a comunidade da UFRGS a manter as mobilizações pela Democracia. Na última quarta-feira (31), foram realizadas Assembleia Geral Docente e Plenária do Comitê UFRGS pela Democracia, no intuito de organizar agendas e ações concretas.
Entre as resoluções tratadas na assembleia, está a confecção de um manual de orientações, já em produção pela Assessoria Jurídica do ANDES/UFRGS, que enfatiza a autonomia e a liberdade de ensinar, previstos na Constituição, além de endereços e telefones para denúncias de eventuais assédios.

Leia o texto completo »

Por unanimidade, STF se manifesta pela liberdade universitária

Por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal declararam inconstitucionais as várias ações realizadas a pedido da Justiça Eleitoral em 35 universidades às vésperas da eleição. O posicionamento foi declarado durante o julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 548, na última quarta-feira (31), que contou com manifestação do ANDES-SN no Plenário através de pedido de amicus curiae – quando pessoas ou instituições se propõem a auxiliar o Tribunal, oferecendo esclarecimentos que possam ser essenciais à resolução do processo –, protocolado por sete entidades.

Todos os membros da corte que estavam presentes acompanharam o voto da ministra Cármen Lúcia, que, no sábado anterior (27), concedeu liminar em ação movida pela Procuradoria-Geral da República, interrompendo as ações arbitrárias de busca e apreensão em instituições de ensino de pelo menos nove estados. Em seu voto, a magistrada disse: “A liberdade de pensamento e expressão não é uma concessão do Estado, mas um direito inalienável do indivíduo”.

Leia o texto completo »

Assembleia Geral Docente e Plenária pela Democracia acontecem na quarta (31)

30 de outubro de 2018

Na próxima quarta-feira (31/10), acontece mais uma Assembleia Geral Docente da UFRGS, em continuidade à iniciativa do ANDES-SN para a construção da mais ampla unidade em defesa da democracia, dos direitos e da universidade pública. O encontro será realizado às 11h30, na sala 512 da Faculdade de Educação (Faced). A pauta inclui avaliação da conjuntura política nacional, mobilização pela revogação da Emenda Constitucional 95 (Teto de Gastos) e Carreira Docente.

Leia o texto completo »

Entidades se unem pela Democracia e pela autonomia das Universidades

30 de outubro de 2018

Ao longo da última semana, foram registradas dezenas de ameaças à autonomia universitária em todo o País. Universidades, seções sindicais e diretórios acadêmicos foram literalmente invadidos e tiveram suas ações em prol da liberdade de pensamento constrangidas por arbitrariedades da Justiça Eleitoral e da Polícia Federal. Em protesto, e manifestando preocupação com o cenário atual, diversas entidades representativas estão se posicionando publicamente.

Na área da Educação, ANDES-SN, Fasubra (Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil), Sinasefe (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica), Une (União Nacional dos Estudantes), Fenet (Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico) e Anpg (Associação Nacional de Pós-Graduandos) divulgaram, na sexta-feira (26), uma carta aberta à sociedade e à comunidade acadêmica para denunciar os ataques contra a Universidade Pública Brasileira. As entidades denunciam casos de agressões e violências físicas e verbais dentro das instituições, que representam docentes, técnicos e estudantes.

Leia o texto completo »

Em todo o país, universidades são alvo de ações policiais e da Justiça Eleitoral

26 de outubro de 2018

 

Matéria originalmente publicada n site do ANDES-SN

 

Nas últimas 72 horas, universidades e sindicatos de docentes, em todo o país, sofreram com ações de policiais e da Justiça Eleitoral. Foram casos de coação e perseguição por atividades em defesa da democracia. Até o momento, a reportagem apurou que, em todo Brasil, 18 instituições de ensino e ao menos três sindicatos de docentes foram censurados ou sofreram alguma coação pela Justiça Eleitoral.

Em sua maioria, as decisões judiciais sustentam que estariam coibindo supostas infrações à legislação eleitoral. Contudo, em todos os casos tratavam-se de manifestações em defesa da democracia e contra o fascismo, que estão sendo interpretados como propaganda eleitoral negativa a candidato de ultradireita. Há relatos de que debates e aulas sobre esses temas foram proibidos.

Leia o texto completo »

Nota da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão contra arbitrariedades em universidades

26 de outubro de 2018

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) emitiu nota pública criticando as diversas ações realizadas, em nome de Tribunais Regionais Eleitorais, em pelo menos 17 universidades brasileiras. Em nove estados, foram apreendidos materiais sobre fascismo e democracia, o que tem gerado revolta entre docentes, estudantes e comunidade em geral.

“A vedação de uso de bens públicos para propaganda eleitoral não se confunde com a proibição do debate de ideias. Nem mesmo a maior ou menor conexão ou antagonismo de determinada agremiação política ou candidatura com alguns dos valores constitucionais pode servir de fundamento para que esses valores deixem de ser manifestados e discutidos publicamente”, diz o texto da PDFC. Citando a Constituição Federal (artigo 5º, IV e IX), a nota afirma que a “proteção ao correto processo eleitoral deve se concretizar em diálogo e respeito aos direitos fundamentais da liberdade de expressão do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação”.

Leia o texto completo »

Não à censura. Pela liberdade de expressão (por Comitê da UFRGS pela Democracia)

25 de outubro de 2018

20181022-20170410-ufrgs

Foto: Guilherme Santos/Sul21

Comitê da UFRGS pela Democracia (*)

A liberdade de expressão e a liberdade de associação para fins lícitos são direitos garantidos e cláusulas pétreas do artigo quinto da Constituição Federal Cidadã de 1988. A autonomia universitária, por outro lado, também é um dispositivo constitucional no Brasil e uma conquista histórica e centenária de universidades do mundo inteiro. É a garantia que as universidades têm de produzir conhecimento, independente dos governos e dos estados onde elas estão inseridas. Apesar disso, vemos se acentuarem no último período a criminalização dos movimentos sociais e a censura arbitrária, atingindo especificamente os setores mais progressistas da sociedade.

Leia o texto completo »

Evento na Faced analisa riscos do Escola sem Partido

25 de outubro de 2018

A edição desta semana do Quartas na Faced, realizado na Faculdade de Educação, abordou o tema Escola sem Mordaça: Educação e Democracia Brasileiras – coragem de aprender. Com falas de Gislei Lazzarotto (Departamento de Psicologia Social/Instituto de Psicologia-UFRGS) e Juca Gil (Departamento de Estudos Especializados/FACED-UFRGS), a atividade analisou os riscos do controle de conteúdo que os professores podem levar à sala de aula, juntamente com os projetos dos atuais candidatos à Presidência da República no âmbito da educação.

Leia o texto completo »

Situação de Docentes EBTT e Ensino Básico é pauta em Encontro Nacional

25 de outubro de 2018

A precarização do trabalho docente, intensificada com a aprovação da Emenda Constitucional 95, o controle de ponto imposto aos professores do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, a contrarreforma do Ensino Médio, a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e o impacto do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) na carreira docente foram pauta do Encontro Nacional sobre a Carreira EBTT e Ensino Básico das Instituições de Ensino Superior, que aconteceu nos dias 20 e 21 de outubro, em Niterói (RJ). 

Leia o texto completo »

Ao vivo, Juremir Machado denuncia censura em Rádio

25 de outubro de 2018

 

Em transmissão ao vivo na última terça-feira (23/10), o jornalista Juremir Machado, da Rádio Guaíba, pediu demissão do programa Bom Dia em função de censura durante entrevista com o candidato Jair Bolsonaro.  O candidato aceitou falar, por telefone, apenas para o âncora Rogério Mendelski, e os demais integrantes da bancada tiveram que permanecer calados durante toda a entrevista.

Leia o texto completo »

Seção Sindical do ANDES-SN sofre ação da Polícia Federal em Campina Grande

25 de outubro de 2018

 

77

No final da manhã desta quinta-feira (25), a seção sindical do ANDES-SN em Campina Grande (ADUFCG) sofreu uma ação da Polícia Federal. Com mandado de busca e apreensão, os policiais foram à sede da ADUFCG atrás de um panfleto da entidade intitulado “Manifesto em defesa da democracia e da universidade pública”.

Leia o texto completo »

Escola sem Mordaça: Educação e Democracia Brasileiras – coragem de aprender

23 de outubro de 2018

juca

Leia o texto completo »

Decisão judicial suspende extinção da Fundação Zoobotânica

23 de outubro de 2018

O desembargador Sérgio Luiz Grassi Beck, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, determinou a suspensão dos efeitos do Decreto Estadual nº 54.268/2018, assinado pelo governador José Ivo Sartori (MDB), que encerrava as atividades da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. A suspensão valerá até o  julgamento final do agravo de instrumento, a fim de que “a transferência definitiva dos bens e dos servidores do Jardim Botânico e do Museu de Ciências Naturais seja precedida de um plano para a extinção da FZB que garanta a plena continuidade e a mesma qualificação de todos os serviços e atividades do Jardim Botânico e do Museu de Ciências Naturais”.

Leia o texto completo »

Aprofurg-SSind é vítima de ataques por defender democracia

18 de outubro de 2018

Enquanto, na UFRGS, a convocação da Assembleia Docente ocorreu em um clima de tranquilidade, os colegas da Seção Sindical da Universidade de Rio Grande (Aprofurg-SSind) sofreram ataques em função da mesma pauta. As ações tiveram início em 9 de outubro, logo após a diretoria divulgar nota defendendo veementemente a democracia.

Com a convocação da Assembleia para 16 de outubro, os ataques aumentaram. Além de mensagens de ódio em redes sociais, os banheiros da Universidade foram vandalizados: pichações com símbolos nazistas e frases como “quando o exército tomar o poder vai acabar essa mamata” estamparam as paredes.

Leia o texto completo »

Professores e professoras lançam carta aberta à sociedade

18 de outubro de 2018

Na última segunda-feira (15/10), Dia do Professor, docentes de diversos níveis de ensino, da educação pública e da rede privada, aproveitaram a data para lançar uma Carta Aberta à Sociedade. No texto, eles repudiam todo e qualquer ato que limite a liberdade de cátedra e o direito de promover a reflexão como parte da aprendizagem.

Leia o texto completo »

Resolução da Assembleia Docente da UFRGS sobre a conjuntura nacional

bete

17 de outubro de 2018

Na última terça-feira (16), docentes da UFRGS se reuniram em assembleia geral para tratar de temas como Conjuntura Nacional, Posicionamento dos Docentes e Agenda de Mobilização. A ação integra iniciativa do ANDES-SN para encaminhar a construção da mais ampla unidade para defender a democracia, os direitos e a universidade pública e combater o fascismo. Confira a seguir as resoluções do encontro.

Leia o texto completo »

Novas mobilizações em defesa da democracia

 

ele nao

16 de outubro de 2018

A agenda de mobilização pela democracia e contra o discurso de ódio segue intensa no Brasil. Em Porto Alegre, na semana passada, pelo menos duas manifestações reuniram milhares de pessoas para organizar ações de conscientização a respeito dos efeitos de uma eventual eleição de Jair Bolsonaro e também para exprimir, publicamente, o repúdio ao que sua candidatura representa.

Leia o texto completo »

Consun, Andifes e Andes se manifestam contra violência e pela democracia

16 de outubro de 2018

Em meio à ascensão da campanha de Jair Bolsonaro, que já fez incontáveis declarações ferindo a democracia, a liberdade e anunciando projetos que ameaçam o direito à educação pública, diversas universidades, entidades e órgãos representativos têm se manifestado para alertar as pessoas sobre o caráter dessa candidatura e os riscos que representa ao país.

Leia o texto completo »

Assembleia Geral Docente acontece nesta terça (16/10)

assemvleoa

 

Será realizada nesta terça-feira (16/10), às 17h, Assembleia de Docentes da UFRGS, com a pauta Conjuntura Nacional, Posicionamento dos Docentes e Agenda de Mobilização.  O encontro, que acontece na sala 611 da Faculdade de Educação (Faced), faz parte de iniciativa do ANDES-SN para encaminhar a construção da mais ampla unidade para defender a democracia, os direitos e a universidade pública e combater o fascismo.

Leia o texto completo »

Consun divulga nota em defesa da universidade, da democracia e dos direitos humanos

12 de outubro de 2018

O Conselho Universitário da UFRGS (Consun) aprovou, em reunião nesta quinta-feira (11), uma nota em defesa da universidade pública, gratuita, autônoma, laica, pluralista, de qualidade, socialmente referenciada, de gestão democrática, centrada nos órgãos deliberativos e conectada às demandas da sociedade. No documento, o órgão máximo da UFRGS também se posiciona contra o autoritarismo e a violência política na vida cotidiana; pelo respeito aos direitos dos trabalhadores; pela revogação da Emenda Constitucional 95; pela preservação da cultura e suas instituições; pelo direito à diferença; pelo reconhecimento dos direitos das mulheres, da livre orientação sexual e de gênero, dos negros, quilombolas e indígenas; e pela defesa dos direitos humanos, da liberdade acadêmica e da democracia.

Leia o texto completo »

Nota da Diretoria da Seção Sindical do ANDES na UFRGS

43878082_1862055843911540_7777513082393198592_n
Frente ao brutal tensionamento político que vivenciamos, a Diretoria da Seção do ANDES-SN na UFRGS manifesta absoluto repúdio às tentativas de barrar a livre expressão de posições políticas por meio de ataques violentos, de natureza protofascista, desencadeados por segmentos antidemocráticos. Constituímos a luta docente desde o período da ditadura civil-militar, defendendo intransigentemente, desde então, as liberdades democráticas e o estado de direito.

Leia o texto completo »

Aluno ataca professor da Ufam em sala de aula

12 de outubro de 2018

Um estudante da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) atirou uma mesa contra um professor que abordava o fascismo em uma disciplina do curso de Letras. A agressão ocorreu no dia 03 de outubro, em Manaus, durante veiculação de vídeo do linguista Marcos Bagno, da UnB, e exercício de análise do tema.

Leia o texto completo »

Portaria do MPDG confisca recursos próprios da UFRGS

12 de outubro de 2018

Em reunião recente de diretores e na sessão do Conselho Universitário (CONSUN), a Reitoria confirmou mais uma ação de sucateamento da universidade pública. O Ministério de Planejamento,  Desenvolvimento  e Gestão (MPDG), através da Portaria 9420, de 14 de setembro de 2018, determinou o ‘confisco’ de recursos próprios, diretamente arrecadados pelas instituições federais de ensino superior  (IFES),  para o pagamento de despesas com pessoal e encargos sociais.

Leia o texto completo »

ANDES/UFRGS terá assembleia para definir agenda de mobilização

12 de outubro de 2018

Está agendada para a próxima terça-feira (16/10), às 17h, assembleia do ANDES/UFRGS, com a pauta: Conjuntura Nacional e Posicionamento dos Docentes e Agenda de Mobilização. O encontro será realizado na sala 611 da Faculdade de Educação, e faz parte de estratégia do ANDES-SN para encaminhar a construção da mais ampla unidade para defender a democracia, os direitos e a universidade pública e combater o fascismo, com a construção de comitês e de agendas de mobilização, além de discutir a conjuntura eleitoral na perspectiva de luta contra o  autoritarismo e indicar posição a ser debatida na reunião dos setores, com representantes de todas as seções sindicais, em 18 de outubro.

Leia o texto completo »

Livros de direitos humanos são rasgados na Biblioteca da UnB

09 de outubro de 2018

libeto

 

Mais uma manifestação preocupante contra a democracia foi registrada em uma universidade pública na semana passada: na Biblioteca Central (BCE) da UnB, cinco livros do acervo sobre direitos humanos foram danificados propositalmente. Os materiais foram encontrados por um servidor, que percebeu um padrão nos danos e identificou ainda outros dois livros avariados.

Leia o texto completo »

Governo manipula informações sobre licença remunerada

09 de outubro de 2018

Em uma clara manipulação de informações, o Ministério do Planejamento (MPGD) criticou, em matéria publicada no jornal Valor Econômico, as licenças remuneradas dos docentes. Ironicamente, na mesma nota, é informado que tais afastamentos ocorrem, na maioria dos casos, para qualificação dos servidores, algo que deveria ser valorizado, e não condenado pelo governo.

Leia o texto completo »

ANDES-SN entrega carta aos presidenciáveis

09 de setembro de 2018

Na semana passada, o ANDES-SN enviou uma carta a todos candidatos à presidência do Brasil apresentando propostas para a educação pública. O documento critica o Plano Nacional de Educação (PNE) em vigência, por não fazer distinções entre investimentos públicos e privados, e lembra que o Brasil tem uma dívida histórica com o setor, sendo necessário garantir o investimento de 10% do PIB em todos os seus níveis.

Leia o texto completo »

Eventos em Santa Maria discutem direitos reprodutivos e capacitismo

05 de outubro de 2018

O último final de semana foi de discussões em Santa Maria. Os Grupos de Trabalho de Políticas de Classe para as Questões Étnico-Raciais, de Gênero e Diversidade Sexual (GTPCEGDS), Grupo de Trabalho de Políticas Educacionais (GTPE) e Grupo de Trabalho de Seguridade Social e Assuntos de Aposentadoria (GTSSA) do ANDES-SN promoveram dois dias de seminários na UFSM, abordando temas como os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres e o capacitismo (preconceito contra pessoas com deficiência).

Leia o texto completo »

SESUNIPAMPA e ANDES-SN: reunião sobre processos contra docentes

05 de outubro de 2018

Em reunião com a Comissão do ANDES-SN de Enfrentamento à Criminalização e à Perseguição Política a Docentes, ocorrida no dia 24 de setembro, diretores do SESUNIPAMPA definiram os próximos passos – jurídicos e institucionais – a serem tomados nos casos dos processos contra as professoras Letícia de Faria Ferreira e Lúcia Britto Corrêa. Para as entidades, está claro que há perseguição política e moral às docentes.

Leia o texto completo »

Docentes organizam resistência à EC 95

05 de outubro de 2018

A Emenda Constitucional 95/16, que congela os gastos públicos, vem provocando o sucateamento acelerado do ensino superior público. Em agosto, nosso boletim publicou carta de advertência do Reitor da UFRJ, professor Roberto Leher, sobre a catástrofe iminente do sistema. Os cortes de verbas das agências Capes e CNPq e as reduções sucessivas dos orçamentos das universidades levam ao estrangulamento do sistema de pesquisa e de ensino. O incêndio do Museu Nacional, ocorrido no dia 2 de setembro, é um trágico testemunho desse estrangulamento, que não deve ter suas consequências encerradas ali.

42966854_630276487369252_2332975472968728576_n

Leia o texto completo »

ANDES-SN rejeita controle de ponto para docentes EBTT

1º de outubro de 2018

Uma das imposições da Instrução Normativa (IN) nº 2/2018, publicada recentemente no Diário Oficial da União pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), é a ampliação do ponto eletrônico para todos/as servidores/as federais, excluindo apenas algumas carreiras – entre elas, a do Magistério Público Superior. Como os professores da carreira Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) não são mencionados, haveria o risco de serem atingidos por essa medida.

Leia o texto completo »

Docentes e estudantes se juntam a ato de mulheres contra o fascismo em Porto Alegre

1º de outubro de 2018

elenao

 

O último sábado (29/09) foi marcado por manifestações antifascistas em todo o Brasil. Na capital gaúcha, cerca de 25 mil pessoas lotaram o Parque da Redenção, em protesto contra a homofobia, a misoginia, o machismo e o racismo – e a candidatura à Presidência que representa tudo isso.

Leia o texto completo »

Centrais Sindicais se unem contra declarações de Mourão

1º de outubro de 2018

Após as declarações do general Hamilton Mourão (PRTB) – candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) – a empresários de Uruguaiana (RS) sobre direitos trabalhistas, oito centrais sindicais subscreveram nota conjunta condenando as falas do militar. O texto considera “descabida, ofensiva e lamentável” a afirmação do candidato sobre o 13º salário e o adicional de férias.

Leia o texto completo »

Greve geral paralisa Argentina mais uma vez

27 de setembro de 2018

Em meio a sérios problemas econômicos e trabalhistas, a Argentina viveu, na última terça-feira (25/09), a quarta greve geral desde o início do governo Macri. A mobilização, organizada pelas duas principais centrais sindicais do país: a Confederação Geral do Trabalho (CGT) e a Central de Trabalhadores da Argentina (CTA), fechou bancos, escolas, universidades, repartições públicas, portos e estabelecimentos de comércio, além de contar com a adesão de pilotos de avião e motoristas de ônibus e trens, em protesto contra a política local.

 

Leia o texto completo »

Docentes contra o fascismo neste sábado 29

27 de setembro de 2018

Em apoio ao movimento que critica o projeto de governo do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), professoras e professores da UFRGS participarão do ato Mulheres contra o Fascismo, que acontece neste sábado (29/09) em Porto Alegre. A concentração, organizada por docentes da Faculdade de Educação, tem apoio do ANDES/UFRGS e da APG, e está marcada para começar às 14h no pátio da Faced, de onde os manifestantes sairão juntos até o Parque da Redenção.

Leia o texto completo »

Terceirização na administração pública federal é autorizada via decreto

27 de setembro de 2018

Na última sexta-feira (21), foi publicado no Diário Oficial da União o Decreto 9.507/18, assinado pelo presidente Michel Temer, que autoriza a contratação de empresas terceirizadas para executar serviços no setor público federal. A terceirização fica liberada em entidades da administração direta, indireta, autárquica e em empresas públicas e de economia mista controladas pela União.

Leia o texto completo »

Mais um assassinato da ditadura é reconhecido pelo Estado

25 de setembro de 2018

O governo federal reconheceu, na última sexta-feira (21/09), que o embaixador José Jobim foi sequestrado, torturado e morto pela ditadura militar em 1979. O assassinato aconteceu porque o diplomata decidiu que divulgaria irregularidades e corrupção na construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, que custou dez vezes mais que o valor o previsto. Na época, o governo alegou a hipótese de suicídio.

Leia o texto completo »

Instrução Normativa do MPDG desrespeita direitos dos servidores federais

25 de setembro de 2018

Foi publicada recentemente no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa nº 2/2018, do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). Ela regulamenta a jornada de trabalho e o controle de ponto dos servidores federais, institui o banco de horas e o sobreaviso.

Leia o texto completo »

Novas perseguições a docentes, desta vez na UFF

25 de setembro de 2018

Após ação realizada por policiais militares dentro da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Campos dos Goytacazes, no dia 13 de setembro, o ANDES-SN divulgou nota oficial repudiando os ataques à autonomia interna das universidades públicas, o que vem ocorrendo nos últimos meses nas Instituições de Ensino Superior no Rio de Janeiro. A fiscalização, que foi acompanhada por um juiz federal, teria ocorrido após suposta denúncia sobre o armazenamento de material de campanha política na sala do DCE, o que culminou no seu arrombamento pelas forças policiais, ação que nos remete aos tempos da ditadura empresarial-militar brasileira.

Leia o texto completo »

Sábado (29) será dia de manifestações de mulheres contra Bolsonaro

NUNCA

O dia 29 de setembro será de grande mobilização por parte de mulheres que criticam uma eventual eleição de Jair Bolsonaro à presidência da República. O movimento, que começou via redes sociais em um grupo que já soma mais de 2,5 milhões de pessoas, deve ganhar as ruas em diversas regiões do País, com a luta comum de combater o discurso de ódio, a discriminação e exigir respeito e igualdade entre gêneros.

Em Porto Alegre, a manifestação está agendada para acontecer das 15h às 20h, no Parque da Redenção. “Não nos calarão e não poderão nos parar porque a luta é grande demais – a luta pelo amor acima de tudo. Esse é um movimento suprapartidário, estamos aqui contra a ascensão de um candidato que ofende princípios democráticos e adota um discurso de ódio, preconceituoso e irresponsável. Estamos juntas e juntos por uma política onde há respeito e diálogo. O respeito à humanidade é o único quesito necessário para estar lá conosco e fazer história. Vamos dizer juntas, para o Brasil inteiro, que a democracia é mais forte”, resume a descrição do evento criado no Facebook.

Assim como na capital gaúcha, várias outras estão se organizando para ir às ruas com o mesmo propósito. Em São Paulo, são esperadas mais de 50 mil pessoas no Largo do Batata, tradicional ponto de manifestações da metrópole, enquanto em locais como Rio de Janeiro, Vitória, Campo Grande, Salvador, Santos e São José dos Campos a mobilização também está intensa.

 

Saiba mais sobre outras ações que estão sendo organizadas

 

Ilustração: Circuito Mato Grosso

Saiba como foi o XIX Encontro Regional do ANDES-SN no RS

21 de setembro de 2018

encontro

 

O campus Porto Alegre do IFRS sediou, nos dias 14 e 15 de setembro, o XIX Encontro Regional do ANDES-SN no RS. O tema do evento, que reuniu a direção da Regional/RS e representantes das seis seções do Sindicato Nacional no Estado, foi “Em defesa dos IFs e das universidades públicas”. O Encontro foi organizado pelo SindoIF, a recém criada seção sindical dos docentes dos campi da região metropolitana de Porto Alegre.

Leia o texto completo »

Mobilização de entidades adia tramitação do Projeto análogo ao Escola Sem Partido

21 de setembro de 2018

Graças à mobilização de entidades representativas do setor da educação, foi adiada, em Pelotas, a votação do Projeto de Lei Ordinária (PLO) nº 4690/2018, análogo ao Escola Sem Partido. A pauta estava prevista para ser apreciada na última terça-feira (18/09) na Câmara de Vereadores da cidade, e uma comissão formada por ADUFPel-SSind, Regional RS do ANDES-SN, Sinasefe IFSul, CPERS, ASUFPel, Simp, entre outros coletivos sociais, conseguiu, em conversa com o vereador proponente do PLO, Salvador Ribeiro (MDB), que a proposta só volte a ser analisada depois de passar por Conselho Municipal de Educação, Conselho Tutelar e Promotoria da Infância.

Leia o texto completo »

Manifestação em Porto Alegre: prefeitura multa entidades estudantis

18 de setembro de 2018

Mais uma vez, o governo de Nelson Marchezan Jr. mostra sua face antidemocrática e repulsiva ao autuar diversas entidades do movimento estudantil por promover uma manifestação justa. No total, as organizações foram multadas em cerca de R$ 1,5 milhão, e devem recorrer administrativa e legalmente.

O Diretório Central dos Estudantes da UFRGS (DCE UFRGS), a União Gaúcha de Estudantes Secundaristas (UGES) e a União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre (UMESPA) organizaram, juntamente com o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA), um protesto legítimo no dia 17 de agosto, em defesa do meio passe estudantil. Aproximadamente 20 mil estudantes compareceram, lutando por uma pauta que incluía, ainda, a defesa da educação pública.

Para a Prefeitura, o ato desrespeitou o artigo 13 da Lei Antivandalismo, sancionada em março por Marchezan. A regra estipula penalidade para quem “embaraçar ou impedir, por qualquer meio, o livre trânsito de pedestres ou veículos nos logradouros públicos” e determina que “local e horário da manifestação sejam aprovados pelo Município de Porto Alegre”.

Uma norma que viola claramente a Constituição Federal – na qual está garantido o direito à livre expressão e à reunião –, além de inúmeros acordos internacionais assinados pelo Brasil, só pode significar a incapacidade da gestão em lidar com opiniões discordantes e de ouvir a população. É grave que os movimentos sociais sejam amordaçados desta forma