• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • outubro 2017
    S T Q Q S S D
    « set    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Ser professor, um ato de coragem: a Seção Sindical parabeniza a categoria pelo dia 15 de outubro

Screenshot 2014-10-04 10.36.32

 

Desde os primeiros passos na construção do conhecimento,

até as grandes descobertas que mudam o mundo,

uma mão está sempre presente, guiando e incentivando as mentes que construirão o futuro.

Hoje, lhe desejamos parabéns.

Nos dias de hoje, ser professor é um ato de coragem daqueles que acreditam que só há transformação da sociedade com uma educação de qualidade. Apesar de os governos não priorizarem a educação, ela acontece através da dedicação e do trabalho do professor.

É preciso manter, sempre, o espírito crítico, que supera a credulidade, pois perceber além das aparências e dos ideais exige esforço contínuo e disciplinado.

Necessidade de valorização

Em 2012, cerca de 90 a 95% das instituições federais de ensino paralisaram durante mais de três meses em função de uma greve que tinha como centralidade a questão de uma carreira digna, que valorizasse a qualificação, mas sem tornar o professor um fazedor de projetos para ampliar o salário, tornando-se assim escravo de uma lógica produtivista.

Apesar da força do movimento paredista e de algumas conquistas que não podem ser menosprezadas, a desestruturação da carreira pelo governo continuou a ser aprofundada. Mas os docentes seguem resistindo. Nosso próximo boletim voltará a algumas das questões que, hoje, atingem o docente federal: o fim da aposentadoria integral e o achatamento dos rendimentos dos que já estão aposentados; a desvalorização da Dedicação Exclusiva – DE; os ataques contra o Regime Jurídico Único – RJU e a precarização da Universidade e da vida acadêmica.

Fonte: nossos agradecimentos à Sedufsm-Seção Sindical pela imagem e pelos três parágrafos iniciais; edição pela Seção/UFRGS.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: