• Sindicalize-se!

  • Site ANDES-SN

  • Assessoria Jurídica

  • Cartão TRI Passagem Escolar

  • Cartilha sobre Assédio Moral

ANDES-SN indica adesão à greve da educação em 15 de maio

06 de maio de 2019

Em resposta aos ataques à educação pública, diversas entidades do setor, inclusive o ANDES-SN, convocam suas categorias para a Greve Nacional da Educação, no dia 15 de maio. A data, definida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), foi incorporada ao calendário de lutas aprovado no III Encontro Nacional de Educação (ENE), e encampada por várias entidades nacionais, dentre os quais o Andes-SN, a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (FASUBRA), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE) e a Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG).

“O que está muito nítido é que esse governo colocou professores e professoras como inimigos. E a paralisação unificada do dia 15 de maio é para dizermos que basta de ataques à educação, basta de ataques à nossa categoria. E também dizermos não a essa Reforma da Previdência que é perversa, cruel e seletiva”, pontua Caroline Lima, 1ª secretária do ANDES-SN.

A dirigente ressalta que é fundamental que as seções sindicais coloquem peso nas atividades previstas no calendário de mobilização. Também estão previstas ações nos dias 8 e 9 de maio: além de assembleias locais, entidades científicas e acadêmicas nacionais realizarão o movimento #cienciaocupabrasilia –  convocada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) – , que deve se estender por todo o país.

“Essas são atividades de mobilização para preparar o ANDES-SN, as seções sindicais, para o 15 de maio, e também para a greve geral, que está indicada para 14 de junho pelas centrais sindicais. Todas essas ações servirão para mostrarmos para a sociedade porque a Reforma da Previdência é tão perversa com a classe trabalhadora. E, principalmente, alertar para a importância da defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, da defesa da diversidade e dizer que não vamos tolerar a criminalização dos professores e professoras”, explica Caroline.

 

 

Assembleia Docente da UFRGS

No Rio Grande do Sul, professores estaduais, assim como Sedufsm, Sindoif e Assufrgs já decidiram pela adesão ao movimento nacional do dia 15. A Seção do Sindicato Nacional na UFRGS e a Adufpel vão deliberar sobre o assunto no dia 9, em assembleia. Na UFRGS, o encontro está marcado para as 11h30, na sala 605 da Faculdade de Educação (Faced).

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

  • FUTURE-SE EM DEBATE

  • Canal Docente

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

%d blogueiros gostam disto: