• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • agosto 2016
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 67, 14/08/2016.

 

ATENÇÃO: terça-feira, dia 16, será Dia Nacional de Mobilização em defesa dos empregos e contra a retirada dos direitos trabalhistas, previdenciários e sociais 

Ato conjunto da Comunidade Universitária – 12h30, no Pátio da Faculdade de Educação

PAUTA:

1 – Pressão dos servidores obriga Câmara Federal a modificar o PLP 257/2016

2 – Assembleia docente adere ao Dia Nacional de Luta e Protesto

3 – Lançamento público da Frente Sindical/RS em Defesa do Serviço Público

4 – Escute, pela internet, o programa Voz Docente desta semana, nº 32/2016

1- Pressão dos servidores obriga Câmara Federal a modificar o PLP 257/2016

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 257/2016 foi aprovado na última terça-feira, 9 de agosto, na Câmara dos Deputados. O placar foi de 282 deputados a favor do projeto; 140 votaram contra o PLP. Falta ainda a votação dos destaques e emendas que visam modificar o texto.

O PLP 257 ataca os serviços públicos, os servidores, e prevê o congelamento do salário mínimo.

O projeto original era da presidente Dilma Rousseff. O texto aprovado é um substitutivo apresentado pelo relator do projeto, deputado Esperidião Amin (PP-SC).

As mudanças se devem à pressão dos servidores, tanto nos estados como no próprio Congresso, onde equipes de servidores percorriam os corredores e visitavam os gabinetes, para esclarecer os deputados. As chuvas de e-mails foram, também, um efetivo instrumento de pressão.

O conjunto de iniciativas de pressão sensibilizou uma parcela apreciável dos deputados, que exigiram do Relator que inserisse alterações no texto. Mas, alerta a profª Eblin Farage, presidente do ANDES-SN, o texto aprovado não é bom. Por isso, é necessário…

…Continuar pressionando os deputados

A profª Eblin alerta: “A nossa briga não acabou, vamos pressionar os deputados, que ainda vão votar os destaques, emendas. É preciso mantermos a mobilização”.

No dia 10, foi realizada reunião ampliada do Fórum das Entidades Nacionais de Servidores Federais (Fonasef), aberta a representantes de entidades de servidores estaduais e municipais. 180 dirigentes sindicais participaram da reunião.

Foi aprovada uma dezena de decisões (manter as recepções aos deputados nos aeroportos, as visitas aos gabinetes, as chuvas de mails, etc.).

Focando na defesa intransigente da manutenção dos direitos trabalhistas e sociais, as resoluções aprovadas vão no sentido de construir uma ampla unidade em torno de uma jornada de lutas, conjunta dos servidores dos três níveis: federais, estaduais e municipais.

Primeira atividade da Jornada Conjunta de Lutas: participar do Dia Nacional de Mobilização do dia 16

O primeiro encaminhamento aprovado pela Plenária ampliada do Fonasef é de priorizar a participação no Dia Nacional de Mobilização de 16/08 (terça-feira), convocado pelas nove centrais: Em defesa dos direitos e dos empregos e contra o ajuste fiscal (NÃO ao PLP 257/16 e à PEC 241/16). #Nenhum direito a menos!

O Dia 16 em Porto Alegre

Em Porto Alegre, haverá:

**um Ato diante da Fiergs, na manhã do dia 16 (leia aqui);

**Ato conjunto da Comunidade Universitária, no Pátio da Faculdade de Educação (FACED/UFRGS), às 12h30:

– Não ao PLP 257 e à PEC 241! Contra a retirada de direitos e o desmonte do serviço público!

– Em defesa da democracia no país e na UFRGS! Pela Escola sem mordaça!

– Por melhores condições locais de trabalho! Em defesa da Universidade Pública, Gratuita, de Qualidade!

– Fora Temer!

Quando e Onde: nesta terça-feira, 16/08, às 12h30, no Pátio da Faculdade de Educação da UFRGS (Campus Centro). Agende-se!

Saiba mais:

Leia a matéria na íntegra: Pressão de servidores obriga Câmara a alterar PLP 257/16

O prof. Roberto Leher, Reitor da UFRJ, analisa os impactos da PEC 241/16 (se aprovada) sobre a Educação, a Saúde e o Serviço Públicos: http://www.youtube.com/watch?v=O0AaIanTo6A&sns=em

Urgente! Contra o desmonte do Serviço Público, diga NÃO ao PLP 257!

2-Assembleia docente adere ao Dia Nacional de Luta e Protesto nesta terça-feira

Na última quarta-feira, 10 de agosto, na sala 102 da Faced, foi realizada Assembleia Geral (AG) dos Docentes da UFRGS, convocada pela Seção Sindical/ANDES.

Respostas aos ataques à Educação e ao serviço público

O primeiro ponto de pauta da reunião debateu as respostas do movimento docente aos ataques à Educação e ao serviço público, contidos no PLP 257, cujo texto base foi aprovado no plenário da Câmara, e na PEC 241, aprovada na última semana na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal (para mais informações sobre os projetos em questão, ler Urgente! Contra o desmonte do Serviço Público, diga NÃO ao PLP 257!).

Os debates da AG concluíram que vivemos o maior ataque ao serviço público do último decênio e que a conjuntura exige a unidade dos/as que estão comprometidos com a Educação Pública e com os direitos econômicos, sociais e políticos. A Assembleia aprovou, como encaminhamentos, a participação na convocatória unificada das oito centrais sindicais para o dia 16 de agosto, próxima terça-feira, que será um Dia Nacional de Lutas Em Defesa do Emprego e do Serviço Público, conforme indicativo construído na Frente Sindical em Defesa do Serviço Público, que tem se reunido periodicamente e conta com a participação desta Seção Sindical.

Ato da Comunidade Universitária, no dia 16 de agosto, às 12h30

Os docentes presentes à Assembleia do dia 10 aprovaram a realização nesta terça-feira, 16 de agosto, de Ato no Campus Central com aseguinte chamada:
Não à retirada de direitos, em defesa da democracia no país e na UFRGS, por uma escola sem mordaça, por melhores condições locais de trabalho, em defesa da Universidade pública, gratuita e de qualidade, Fora Temer!

Colega docente, participe do ato na terça-feira! A concentração será às 12h30 no Pátio do Campus Centro, junto à Faculdade de Educação.

A AG teve também um segundo ponto de pauta, que foi o reajuste da mensalidade da Seção Sindical, aprovado por unanimidade. Para a diretoria da Seção Sindical, a atualização dos valores foi uma decisão importante, pois em toda sua história o ANDES tem-se mantido como entidade independente dos governos e dos partidos, financiando-se com a contribuição militante de seus sócios.

3- Lançamento público da Frente Sindical/RS em Defesa do Serviço Público

Nesta sexta-feira, 12 de agosto, às 18 horas, no Auditório do CPERS, lotado, ocorreu o lançamento público da Frente Sindical/RS em Defesa do Serviço Público. O organismo busca promover a unidade na luta das entidades de servidores dos três níveis: federal, estadual, municipal.

A finalidade da Frente é impulsionar a resistência aos ataques que os governos (federal, estadual, municipais) lançam contra o Serviço Público, contra as políticas públicas na Educação, Saúde, Saneamento, etc.

De imediato, trata-se de dizer NÃO ao PLP 257/2016 e à PEC 241/2016 e de participar do Dia Nacional de Mobilização da próxima terça-feira, dia 16 (ver item 1, acima).

Foi aprovado, por consenso, Manifesto de lançamento da Frente baseado em três eixos: Contra a retirada dos direitos sociais; Fora Temer; Por uma grande mobilização unificada: rumo à greve geral.

A Seção Sindical ANDES/UFRGS participa da Frente, junto com as outras entidades que costumam se reunir na Coordenação/RS de servidores federais: Sindserf, Assufrgs, Sindisprev.

4 – Escute, pela internet, o programa Voz Docente desta semana, nº 30/2016.

Ouça AQUI o programa Voz docente de 10 de agosto de 2016.

No roteiro:

– Conversamos com a integrante da coordenação nacional do MTST, Claudia Favaro, sobre a ocupação do Demhab que já completa quase 1 mês.
– Nosso Conde Pie acordou inspirado pelo saudoso Brizola e resolveu desmentir algumas falsas afirmações do jornal O Globo sobre a universidade pública.

Notícias Expressas:

1 – Servidores se mobilizam contra PL 257 que acaba com o serviço público

2 – Nesta quarta-feira, dia 10 de agosto, Seção Sindical realiza Assembleia Geral

3 – 11 de agosto é o Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública e contra o Projeto Escola Sem Partido

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: