• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • março 2016
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 18, 07/03/2016.

Neste dia Oito de Março – Dia Internacional da Mulher, nossa saudação a todas as docentes, educadoras e pesquisadoras, e à luta contra todos os tipos de discriminação.

8 de março 2016

(Fonte da vinheta: Sedufsm-Seção Sindical).

Dia 8 de março, 17h: Ato do Dia Internacional da Mulher

Pelo fim da violência contra as mulheres!

17h no Largo Glênio Peres

PAUTA:

1-Oito de Março, Dia Internacional da Mulher (ver acima)

2-Leitores escrevem e comentam: sobre mosquito, Zika e microcefalia.

3-Ciência e Educação em debate: nesta 5af., prof. Nuccio Ordine ministrará Aula Magna na UFRGS.

2-Leitores escrevem e comentam: sobre mosquito, Zika e microcefalia

aedes

A matéria intitulada “Contribuição da Seção Sindical à campanha contra o Aedes Aegypti”, publicada no nº 16 (de 02/03), suscitou comentários – importantes alertas! – de dois leitores, ambos docentes da UFRGS em Unidades ligadas à área da medicina.

Lembramos que a referida matéria trata do controle de mosquitos e, neste sentido, da importância primordial, essencial, do saneamento básico

Descaso com o saneamento básico

O primeiro leitor faz dois tipos de ressalvas a respeito da Zika e do mosquito.

**Pensa que a discussão sobre Zica e microcefalia está, geralmente, mal colocada. Pois, a microcefalia tem múltiplas causas e sempre existiu. Alerta que são necessários longos estudos para entender devida e completamente a importância do vírus nesses casos de microcefalia, a relação entre ambos.

**Relativamente à reprodução e proliferação do mosquito Aedes Aegypti, o leitor entende que o país está pagando o preço de décadas de descaso com a infraestrutura [em saneamento básico]. Pois, os políticos esqueceram alguns princípios banais de saúde pública do início do século XX.

E conclui: “Ao final, quem vai ‘pagar o pato’ vai ser a população mais pobre e que vive em más condições”.

Sobre a morosidade em relação ao diagnóstico dos casos de infecção por vírus Zika e Chikungunya

O segundo leitor comenta que, “lamentavelmente, o Rio Grande vem assumindo o papel de avestruz, ou seja, enfiando a cabeça no buraco frente a uma ameaça e se omitindo uma vez mais no assunto dos vírus Zika e Chikungunya”.

Pois, os órgãos responsáveis pela Saúde enviam material para exames em Curitiba ou São Paulo. “Isso resulta em que os diagnósticos são efetuados com muita demora, requerendo até mais de 90 dias para a emissão de um laudo. Nessa situação, a confirmação demorada de um caso atrasa a tomada de decisões, aumentando o risco de difusão ainda maior da epidemia. Portanto, urge que seja  implementada em nosso Estado sem mais demora a metodologia para diagnóstico rápido dessas infecções”.

Para ler os documentos divulgados por este boletim, sobre mosquito e vírus Zika e Chikungunya, leia aqui.

3-Ciência e Educação em debate: nesta 5af., prof. Nuccio Ordine ministrará Aula Magna na UFRGS

Professor, crítico e filósofo italiano irá proferir a conferência “A Utilidade dos Saberes Inúteis”, um dos tema abordados em seu último livro recém-lançado no Brasil.

A palestra ocorrerá às 10 horas, da quinta-feira 10 de março, no Salão de Atos da Universidade. O evento tem entrada franca, por ordem de chegada. Haverá tradução consecutiva para o português e também para libras.

O prof. Nuccio Ordine é um dos maiores conhecedores sobre a Renascença na atualidade e grande especialista na obra de Giordano Bruno.

Ele defende a valorização dos conhecimentos não ligados diretamente ao alcance de resultados práticos, os chamados saberes “inúteis”, mas que são fundamentais para sedimentar as bases para um pensamento crítico da sociedade. Também desaprova o que chama de “empresariamento” do conhecimento científico, orientado pela lógica da produtividade extrema dentro do universo acadêmico.

Leia a matéria na íntegra: Aula Magna

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: