• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • janeiro 2016
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 04, 22/01/2016.

 

PAUTA:

1 – Rombo de fundos de pensão e alerta sobre FUNPRESP

2 – Diretoria da Seção recebe pré-candidato a Reitor da UFRGS

3 – Escute, pela internet, o programa Voz Docente desta semana, nº 03/2016

1 – Rombo de fundos de pensão e alerta sobre FUNPRESP

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), ligada ao Ministério da Previdência Social, publicou na última sexta-feira (15) relatório que aponta o aumento do rombo dos fundos de pensão no país. O déficit, que era de R$28,7 bilhões em 2014, passou a R$60,9 bilhões em 2015 – novo recorde histórico em perdas.

O déficit acontece, segundo a Previc, quando os ativos de um fundo de pensão não são suficientes para pagar os benefícios previstos até o último participante vivo do plano. Fundos de servidores públicos ou de trabalhadores de estatais estão entre os com maior déficit. De acordo com a Previc, dez fundos de pensão acumulam 80% do déficit registrado, sendo nove patrocinados por estatais, das quais oito são federais.

Sônia Meire, 3ª vice-presidente do ANDES-SN, ressalta a posição contrária do Sindicato Nacional à privatização da previdência e da seguridade social. “Os fundos de pensão usam dinheiro do trabalhador para especular no mercado financeiro, deixando, muitas vezes, os trabalhadores sem segurança financeira para a época de sua aposentadoria”, critica a docente.

Muitos dos planos não têm o benefício definido, ou seja, o trabalhador sabe quanto irá pagar, mas não quanto irá receber. Além disso, conforme aponta o relatório, os fundos vêm registrando déficit devido à má administração e oscilações do mercado, e a dívida tem sido repassada aos contribuintes.

A docente conclui lembrando que o ANDES-SN tem buscado meios jurídicos para impedir a adesão automática dos docentes federais ao Funpresp, inclusive ingressando como amicus curiae em Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) movida pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais aqui.

2 – Diretoria da Seção recebe pré-candidato a Reitor da UFRGS

Nesta quinta-feira, dia 21, a diretoria da Seção Sindical recebeu o professor Sergio Kieling Franco e apoiadores  de sua candidatura à Reitoria. Na apresentação, o professor Sergio enfatizou a necessidade de maior transparência na gestão da Universidade e de que as decisões sejam tomadas a partir do diálogo entre pontos de vista diversos no seio da comunidade universitária.

O professor Mathias Luce, presidente da Seção, cumprimentou o professor Sergio pela candidatura, na expectativa de que sua disposição para o diálogo e a defesa de transparência na gestão contribuam para ampliar o debate. Esclareceu que a Seção não apoiará nenhum candidato à Reitoria, mas receberá todos os candidatos que solicitarem reunião para apresentar suas plataformas. Além disso, em conjunto com a Assufrgs, o DCE e a APG, defenderá um processo eleitoral democrático, com participação paritária dos três segmentos da comunidade.

A Seção estará presente em todos os debates, apresentando a pauta dos docentes relativa à carreira e às condições adequadas para a realização do ensino, da pesquisa e da extensão.

3- Escute, pela internet, o programa Voz Docente desta semana, nº 03/2016

 No roteiro:

– Entrevista com o Professor Juca Gil, delegado da Seção Sindical no 35º Congresso Nacional do ANDES-SN, sobre os desafios do movimento docente na conjuntura

– Notícias expressas:

1- ASSUFRGS apresenta ao reitor pesquisa que demonstra a legalidade do regime de 30h

2- Servidores Federais dão início às discussões sobre a Campanha Unificada de 2016

3 – Dilma veta realização de auditoria da dívida pública

4 – Demissões rondam Fiocruz por conta do ajuste fiscal

5- Governo do estado volta atrás e destina todos os pavilhões do Hospital São Pedro para Cultura

– O Conde Pié apresenta suas previsões para 2016

Voz Docente é semanal, produzido pela Seção ANDES/UFRGS, em parceria com a Seção Sindical da UFPEL e a Regional/RS do ANDES-SN, e radiodifundido às quartas-feiras, às 13h, na Rádio da Universidade, 1080 AM ou on-line:http://www.ufrgs.br/radio/

O programa é também veiculado três vezes por semana em Pelotas: pela Rádio Federal FM 107,9, emissora da UFPel, e pela RádioCom 104.5 FM.

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: