• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • dezembro 2015
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 114/2015, 03/12/2015.

PAUTA:

1-Campus do Vale: três anos passaram…

2-Cultura, Educação e Ciência em Debate: Jornada de Divulgação Científica e Jornalismo Científico, dias 3 e 4/12, no Instituto de Física.

1-Campus do Vale: três anos passaram..

2012

Em 19 de novembro de 2012, três anos atrás, o estudante Zilmar da Costa Pereira teve um mal súbito durante uma aula, no Campus do Vale. O único procedimento padrão previsto era (e continua sendo) “chamar uma ambulância”. O estudante Zilmar faleceu enquanto aguardava o socorro.

O acontecimento evidenciou, novamente, a necessidade de se dispor, no Vale, de uma unidade médica devidamente equipada e preparada para situações de urgência, além de um número de telefone de emergência do próprio Campus.

O Campus do Vale congrega diariamente mais de 20 mil pessoas. Isso por si só justifica a necessidade de estrutura adequada de saúde, segurança e acesso. Além disso, são numerosas as atividades aí desempenhadas (por exemplo, em laboratórios, mas também nos prédios em construção ou reforma) que sinalizam situações de risco.

2013: Reitoria anunciou a implantação de “Pronto-Atendimento médico” nos quatro campi

O falecimento do estudante Zilmar suscitou mobilização, abaixo-assinado reivindicatório.

Em 17 de junho de 2013, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP) anunciou a próxima implantação de equipe(s) de pronto-atendimento médico para prestar socorro em todos os campi. Seria uma contratação terceirizada, mas que teria orientação de profissionais da Universidade. Porém…

2014: Reitoria anunciou o Projeto “UFRGS cardioprotegida”

Porém, um ano depois, questionada a respeito, a Reitoria esclareceu ter sido impossível implantar o “Pronto-Atendimento” porque a legislação não permite que a Universidade tenha um esquema particular (seja próprio, seja terceirizado) de atendimento de ambulâncias, devendo, portanto, recorrer ao SAMU.

A Administração Central informou que, diante desse fato, estava então apostando no Projeto “UFRGS cardioprotegida”, sendo a ideia de tornar a UFRGS uma área cardioprotegida: em cada unidade, estaria disponível um Desfibrilador Externo Automático – DEA, que puderia  ser utilizado em uma emergência cardíaca. A Reitoria anunciou estar desenvolvendo, com a colaboração da Escola de Enfermagem, um plano de treinamento de docentes e/ou funcionários com conhecimentos básicos de primeiro socorro, particularmente de Ressuscitação CardioPulmonar (RCP).

Quatro meses depois, novamente questionada a respeito, a PROGESP informou estar ultimando o levantamento para poder realizar licitação para compra de DEAs.

2015

No início do mês de novembro, foi feito à PROGESP um pedido formal de informação a respeito da situação – um ano depois – do Projeto “UFRGS cardioprotegida”. Aguarda-se a resposta da Administração.

É sabido de todos

É sabido de todos que, no Vale, desde o falecimento do estudante Zilmar, houve outras ocorrências que requeriam atendimento emergencial de profissionais médicos e/ou paramédicos. Continuaram sendo resolvidas em base na improvisação e na solidariedade de colegas, amigos, funcionários, passantes… Felizmente, não aconteceu o pior. Mas, como ter certeza que a improvisação foi sem consequência, e será que se deve continuar apostando na sorte?

Continuam prementes as questões de saúde, segurança, acesso e emergência no Vale!

Três anos passaram:

Será que, no Campus do Vale e em toda a UFRGS, melhorou o atendimento à saúde e emergência ou tudo continua como dantes?

Assinam: ANDES/UFRGS e APG/UFRGS

2-Cultura, Educação e Ciência em Debate: Jornada de Divulgação Científica e Jornalismo Científico, dias 3 e 4/12, no Instituto de Física

Nesta quinta e sexta-feira, dias 3 e 4/12, ocorre, no Instituto de Física (IF) da UFRGS, a 1a Jornada de Divulgação Científica e Jornalismo Científico, organizada pelo IF e pelo ILEA, reunindo alguns dos principais profissionais engajados nestas atividades no país.

Evento é gratuito e aberto ao público. Educação e popularização da ciência estão entre os temas abordados.

O evento reunirá jornalistas e cientistas abordarão temas como educação e popularização da ciência; divulgação e jornalismo em Ciência; museus de história natural e educação, jornalismo científico; e TV e sala de aula: o ABC da Astronomia e o ensino de Ciências Naturais.

Programação: http://jornadadivulgacao.if.ufrgs.br/programa.html

Matéria no site da UFRGS: Jornada propõe reflexão sobre divulgação e Jornalismo Científico

unnamed (47)

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: