• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • novembro 2015
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 97/2015, 05/11/2015.

PAUTA:

1-Setor das Federais do ANDES-SN aprova atividades de mobilização para barrar três projetos legislativos que atacam a Universidade Pública.

2-Seminário sobre Assédio lotou o Salão de Atos.

3-Escute, pela internet, o programa Voz Docente desta semana, nº 44/2015.

1-Setor das Federais do ANDES-SN aprova atividades de mobilização para barrar três projetos legislativos que atacam a Universidade Pública

Reunido no último final de semana em Brasília (DF), o Setor das Universidades Federais do ANDES-SN deliberou um plano de mobilização contra o conjunto de três projetos que atacam diretamente o caráter público da educação e da ciência e tecnologia no Brasil.

Quais são os três projetos?

-O PLC 77/2015 visa ampliar a consolidação das Parcerias Público-Privado na área de Ciência e Tecnologia, sendo que o fundo público poderá ser investido diretamente em empresas privadas nacionais e estrangeiras que realizem atividades de pesquisa e desenvolvimento em atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

-O PL 4643/12 possibilita investimentos da iniciativa privada, de pessoa física e jurídica, nas instituições federais de ensino (IFEs), cuja natureza é pública.

-Por fim, a PEC 395/2015 permitirá a cobrança de taxas para os cursos de extensão, especialização e mestrado profissional, pondo fim ao princípio constitucional da gratuidade da educação nas instituições públicas.

As atividades definidas pela Plenária

O Setor das IFEs do Sindicato Nacional decidiu pela realização de um Dia Nacional de Luta com mobilizações, atos e paralisações em defesa do caráter público da universidade, a realizar-se no dia 17 de novembro;

Também foi deliberado que as seções sindicais realizem audiência pública e ou debate público com os parlamentares federais em seus estados sobre esses três projetos que atacam a educação pública.

O Setor ainda aprovou a continuidade da campanha, junto aos Conselhos Superiores e Reitorias, para que esses se posicionem de maneira contrária à PEC 395/2014, ao PLC 77/15 e ao PL 4643/12.

Leia a matéria na íntegra: Docentes federais preparam mobilizações contra ataques à educação

2-Seminário sobre Assédio lotou o Salão de Atos

Uma das formas de enfrentamento do assédio moral é tornar o assunto visível, trazê-lo ao debate do dia a dia. Foi o que procurou fazer o  seminário que transcorreu durante a última quarta-feira 04/11. Organizado por mais de 20 entidades, entre as quais o ANDES-SN, o evento reuniu especialistas que jogaram diversas luzes sobre o tema. O Salão de Atos da UFRGS ficou literalmente lotado.

O encontro trouxe às claras problemas cada vez mais comuns no serviço público. São violências psicológicas, nem sempre caracterizadas como assédio moral, mas que causam um constante sofrimento aos trabalhadores e que possuem diagnóstico difícil.

unnamed

Leia a matéria na íntegra: Discussão sobre assédio moral no serviço público lota Salão de Atos da UFRGS

Leia a matéria sobre a continuação dos debates: Evento aborda poder disciplinar na administração pública e combate ao assédio moral

Veja a cartilha sobre Assédio Moral, produzida pelo ANDES-SN: AQUI ou aqui

Fonte: UFRGS, com edição da Seção ANDES/UFRGS.

3- Escute, pela internet, o programaVoz Docente desta semana, nº 44/2015

Na pauta:

-O programa desta semana inicia entrevistando a professora Rúbia Vogt, primeira secretária do ANDES/UFRGS, sobre a Plenária do Setor das Federais do ANDES-SN, ocorrida nos dias 30-31/10, e sobre seus principais encaminhamentos.

-O “Notícias Expressas” informa sobre a polêmica deflagrada na UFSM a respeito do convênio celebrado entre o Hospital Universitário de Santa Maria e a Unifra, uma universidade privada.

-Enquanto, no Brasil, o governo federal e o Congresso Nacional insistem em diminuir o orçamento da Educação Pública e aumentar a presença da iniciativa privada dentro das universidades, outros países seguem o caminho inverso. Desta vez, o exemplo vem da Argentina, país que revogou a cobrança de taxas e mensalidades nas universidades públicas.

-O conde Pié volta a se manifestar sobre o Funpresp, cuja “adesão” se tornou compulsória pela aprovação da Medida Provisória 676/2015.

-O Voz Docente encerra entrevistando a coordenadora da Assufrgs, Bernadete Menezes, para saber como estão as negociações relativamente à implementação do controle de ponto eletrônico e às 30 horas.

Voz Docente é semanal, produzido pela Seção ANDES/UFRGS, em parceria com a Seção Sindical da UFPEL e a Regional/RS do ANDES-SN, e radiodifundido às quartas-feiras, às 13h00, na Rádio da Universidade, 1080 AM ou on-line:http://www.ufrgs.br/radio/

O programa é também veiculado três vezes por semana em Pelotas: pela Rádio Federal FM 107,9, emissora da UFPel, e pela RádioCom 104.5 FM.

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: