• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • dezembro 2014
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 119/2014, 10/12/2014.

PAUTA:

1-Aumento na expectativa de vida provoca perdas no valor das aposentadorias – mantidos a idade e o tempo de contribuição.

2-OAB/RS deverá ir à justiça contra Aposentadoria Especial aprovada por deputados gaúchos em benefício próprio

3-Janta de Confraternização: nesta quinta-feira, dia 11 de dezembro.

4-In memoriam: nesta 5af., “Audição Comentada”, na CCMQ, em memória do Prof. Luiz Roberto Lopez (IFCH/UFRGS e Secretaria da Cultura do Estado do RGS).

1-Aumento na expectativa de vida provoca perdas no valor das aposentadorias – mantidos a idade e o tempo de contribuição

O título acima apenas expressa a implacável lógica da legislação vigente: a do “fator previdenciário”, que penaliza as aposentadorias do Regime Geral. Para entender o que é o fator previdenciário, leia o que segue

Expectativa de vida continua aumentando

Conforme o IBGE divulgou no dia 1º de dezembro, a expectativa média de vida no Brasil subiu de 74,1  anos em 2011 para 74,9 anos em 2012. O que representa um acréscimo médio de mais de nove meses, em relação ao estimado em 2011. A expectativa média e o acréscimo médio de vida variam segundo o sexo. As mulheres tem expectativa de vida maior do que os homens.

Porém…

A maldade é que com essa revisão da expectativa de vida pelo IBGE, quem fizer pedido de aposentadoria posteriormente ao dia 30/11/ 2014 sofrerá uma perda no valor do benefício com relação aos pedidos feitos até 30/11/2014. Isso é consequência do “fator previdenciário”, criado em 1999 pelo governo FHC e mantido pelos governos Lula e Dilma.

Por exemplo, uma pessoa de 60 anos que fez o pedido de aposentadoria em 02 de dezembro terá um benefício menor do que outra com a mesma idade e mesmo tempo de contribuição que fez a solicitação na antevéspera! A dimensão da perda varia segundo a idade do solicitante, seu tempo de contribuição, a expectativa de vida e… seu sexo.

A incidência sobre o valor da aposentadoria das mulheres é mais agressiva, porque a mulher possui uma expectativa de vida maior que a do homem.

unnamed

Sobre o “fator previdenciário” e seu impacto, leia mais aqui.

Fontes: Boletim InformANDES na UFRGS, nº 02/2014 (08/01/2014), e Sul 21, 04/12/2014, com edição da Seção Sindical/UFRGS.

2-OAB/RS deverá ir à justiça contra Aposentadoria Especial aprovada por deputados gaúchos em benefício próprio

O Presidente da OAB do Rio Grande do Sul, Marcelo Bertoluci, informou que anunciará, no próximo dia 12, sexta-feira, a posição oficial do Conselho da entidade sobre a Aposentadoria Especial com que se brindaram os deputados estaduais gaúchos.

Porém, já adiantou: “Não pouparemos esforços para acionar os mecanismos constitucionais para garantir o respeito à vontade dos cidadãos. O exercício político deve ser marcado pela doação e pela temporalidade, não pela profissionalização”. Bertoluci reclamou, ainda, da falta de discussão sobre o projeto e a extrema agilidade com que tramitou a matéria na Assembleia.

O trem da alegria dos deputados gaúchos permite que os parlamentares se aposentem com a integralidade do subsídio recebido mensalmente, que atualmente é de R$ 20.042,34 após trinta e cinco anos de contribuição, desde que tenham, no mínimo, sessenta anos, ou seja, cinco anos a menos do que o assalariado comum.

Caso o deputado se aposente por “tempo de serviço”, bastará ele ter contribuído durante duas legislaturas (oito anos) para se aposentar recebendo cerca de cinco mil reais,  ou seja, mais do que o teto do Regime Geral.

Fonte: Correio do Povo e Jornal do Comércio.

3-Janta de Confraternização: nesta quinta-feira, dia 11 de dezembro

A Seção Sindical promove Janta de Confraternização no dia 11 de dezembro, a partir das 20h00, na Churrascaria Giovanaz, na Av. Venâncio Aires, 10 (quase esquina com a Rua José do Patrocínio). O evento marcará, também, os cinco anos da reorganização do ANDES/UFRGS. Estão todos convidados para festejar.

Espeto corrido: R$ 26,00; refrigerante: R$ 5,00; cerveja: R$ 9,00; + 10% do serviço; Sindicato de Verdade, não tem preço!

Agende-se!

4-In memoriam: nesta 5af., “Audição Comentada”, na CCMQ, em memória do Prof. Luiz Roberto Lopez (IFCH/UFRGS e Secretaria da Cultura do Estado do RGS)

Nesta quinta-feira, dia 11 de dezembro, às 16h, será realizada uma “Audição Comentada”, em memória do Prof. Luiz Roberto Lopez, pelos 10 anos de seu falecimento, em 2004. Organizado pela Discoteca Pública Natho Henn, o evento ocorrerá no Auditório Luiz Cosme da Casa de Cultura Mário Quintana – CCMQ, e contará com a participação da pianista Olinda Alessandri.

O Prof. Lopez, como era conhecido, foi Professor do Departamento de História do IFCH da UFRGS e do Curso Pré-vestibular Unificado. Ele era, também, funcionário da Secretaria da Cultura estadual, sendo várias vezes diretor daDiscoteca Pública Natho Henn e, ainda, o primeiro Diretor do Memorial do Rio Grande do Sul.

Lopez publicou vários livros de história, com destaque para Sinfonias e catedrais: representação da história na arte, pela Editora da UFRGS, publicado em 1995, pelo qual recebeu o Prêmio Açorianos, na categoria “Ensaios de Humanidades”.

Na Discoteca Pública Natho Henn, Lopez realizou, por muitos anos, vários projetos voltados à apreciação da música erudita: “Audições Comentadas”, “Ópera Viva” e “Vídeo Clássico”. Para estes projetos, elaborava textos comentando a obra a ser apreciada, nos quais fazia uma contextualização histórica da obra e do compositor.

QUANDO: Quinta-feira, 11 de dezembro, às 16h;

ONDE: Auditório Luiz Cosme, no 4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana – CCMQ, Rua dos Andradas (Rua da Praia), 736 – Centro.
Entrada gratuita.

Audição_Comentada_Final

Leia mais aqui ou aqui.

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: