• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • maio 2014
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, ano 2014, nº 44, 15/05/2014.

PAUTA:

1-Promoção a Titular: respostas às 20 perguntas mais frequentes.

2-Resistência do corpo técnico e repúdio da sociedade obrigam a Direção do IBGE a desistir da intervenção no Instituto.

3-Adufc-Sindical se desfilía da Proifes-Federação.

 

1-Promoção a Titular: respostas às 20 perguntas mais frequentes

Colega: você quer saber o que significa e implica “Incorporação do Titular à Carreira”? Por que a referida “incorporação” foi positiva, uma conquista? Quer saber se pode solicitar a Promoção? O que será exigido de você, o que deverá fazer e quem avaliará sua candidatura à Promoção?

Para conhecer as respostas às vinte perguntas mais frequentes sobre a Promoção a Titular, clique aqui ou (em pdf) aquiou entre em nossa página – https://andesufrgs.wordpress.com/ – e, na barra superior, clique em “Promoção para Titular”.

Você tem outras perguntas? Envie pelo e-mail sec_sind_andes@ufrgs.br e nos esforçaremos em responder.

Seção Sindical/UFRGS permanece à disposição, em todas as instâncias da Universidade, para debater o tema e contribuir ao aperfeiçoamento da regulamentação que foi apresentada à apreciação do CONSUN.

2-Resistência do corpo técnico e repúdio da sociedade obrigam a Direção do IBGE a desistir da intervenção no Instituto

No início de abril, imediatamente após alguns parlamentares governistas questionarem uma metodologia usada na pesquisa, a presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE decidiu suspender a pesquisa “PNAD Contínua”. Tomada sem nenhuma consulta ao corpo técnico do IBGE, essa intervenção de agentes políticos e do Executivo suscitou uma autêntica rebelião e uma crise no Instituto, bem como repúdio na sociedade (ver nosso boletim nº 25, de 13/04).

Pois bem, foram tais a resistência da equipe técnica do IBGE e o apoio da sociedade à autonomia técnica do Instituto que a Direção do IBGE foi obrigada a recuar e anunciar a retomada da divulgação dos dados da “PNAD Contínua”.

Em Nota Pública, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do IBGE (ASSIBGE-Sindicato Nacional) caracteriza o recuo governamental como “uma vitória dos funcionários do IBGE e da sociedade brasileira”, parabeniza os “ibegeanos” pela defesa da autonomia técnica e pela luta em prol da democratização do IBGE, acrescentando:

“Mais uma vez ficou claro que os trabalhadores do IBGE não aceitam interferência política e nem atitudes autoritárias, sem qualquer critério técnico, venham de onde vierem. […]. Os resultados das pesquisas realizadas pelo IBGE servem como retratos da realidade brasileira em diversos aspectos e momentos. Não cabe a quem quer que seja minimizar ou tentar esconder a realidade, porque ela é fruto de ações ou da falta delas por parte das administrações municipais, estaduais e federais”.

Porém, a ASSIBGE-SN encerra sua Nota pedindo “a solidariedade da sociedade” e explicando porque tal solidariedade é imprescindível:

“No entanto, apesar da vitória alcançada, o Sindicato tem a obrigação de alertar a sociedade e aos trabalhadores que a crise no IBGE não foi superada. A atitude autoritária da Presidente e do Conselho Diretor maculou a imagem do Instituto e a autonomia técnica segue ameaçada, caso não se modifique o sistema de gestão. Isso fica explícito quando, antes mesmo de conversar com o Grupo de Trabalho, a Presidente declara à imprensa que vai usar um módulo de rendimentos da POF adaptado à PNAD.

Essa gestão, centralizadora e autoritária para dentro, demonstrou-se frágil e incapaz de defender a própria instituição frente a oportunistas de plantão. O senhor José Sarney teve a audácia de questionar os dados da pobreza no Maranhão pesquisados pelo IBGE. Já o senhor Cláudio Humberto, porta-voz do governo Collor, tentou associar a coleta de dados do IBGE nos domicílios à “venda de maquiagem”.

Por outro lado, seguimos com um quadro efetivo de funcionários reduzido no IBGE, enquanto o governo e a Direção insistem na contratação de servidores temporários para executar, de maneira precária, tarefas que cabem a trabalhadores bem treinados e remunerados”.

Leia aqui a Nota da ASSIBGE-SN em sua íntegra.

3-Adufc-Sindical se desfilía da Proifes-Federação

Em Assembleia Geral Extraordinária, ocorrida no dia 14 de maio, os sócios do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC-Sindicato) deliberaram, por esmagadora maioria, que a ADUFC se desfilíe da PROIFES.

Matéria publicada no portal da entidade explica que “a  insatisfação da categoria com a Federação [a Proifes] já vinha se manifestando e sendo amplamente discutida nas assembleias, seminários e palestras promovidos pelo sindicato ao longo do último ano”.

A mesma matéria caracteriza que a decisão foi manifestada “de maneira inequívoca”, pois a desfiliação foi aprovada em uma Assembleia que reuniu mais de 170 professores, havendo apenas 7 votos contrários e 12 abstenções.

A Adufc-Sindicato congrega e representa os docentes da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Sobre a desfiliação da ADUFC-Sindicato, leia mais aqui.

Fonte: ADUFC-Sindicato, 15/05/2014.

 

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: