• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • outubro 2013
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

No Rio, multidão impressionante toma as ruas em apoio aos professores municipais em greve e pela Educação Pública


A Avenida Rio Branco, no Centro do Rio, voltou a ser tomada por uma multidão, nesta segunda-feira 07 de outubro. Dezenas de milhares de pessoas de diversos segmentos – trabalhadores, estudantes e demais entidades e representações da sociedade civil – abraçaram a causa dos professores da rede municipal, em greve há 60 dias. Eles seguiram a convocação do Sindicato dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe-RJ) e de outras entidades e foram às ruas em demonstração de apoio aos professores, que lutam por melhores estruturas no plano de carreira e condições de trabalho, contra a violência e opressão dos governos de Sérgio Cabral e Eduardo Paes e em defesa da Educação Pública.

Com vitalidade invejável e muita disposição para a luta, os professores puxaram a manifestação da Candelária até a Cinelândia. As pautas eram velhas conhecidas: mais investimentos para a Saúde e a Educação públicas, contra a violência do Estado, desmilitarização da polícia, crítica à imprensa comercial.

Éramos muitos

O ato foi o maior desde as manifestações da chamada “jornada de junho”. Estimativas do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (SEPE) dão conta de que mais de 50 mil pessoas participaram do protesto que saiu da Candelária em direção à Cinelândia.
Vera Nepomuceno, dirigente do Sepe-RJ, afirmou que os professores deram uma “belíssima aula de cidadania e democracia”. Com a ausência de efetivo policial, os manifestantes cantaram: “Que coincidência, sem polícia não teve violência”.

Veja mais fotos da passeata aqui. Leia mais aqui.

Fonte: ANDES-SN, 08/10/2013.

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: