• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • julho 2013
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 38, 13/07/2013.

Um grande Dia 11 de Julho!

 

 Em todo o Brasil, a quinta-feira 11 de julho foi marcada por greves, paralisações, atos, protestos. O Dia Nacional de Lutas foi convocado pelas oito centrais sindicais brasileiras (CSP-Conlutas, CUT, UGT, Força Sindical, CGTB, CTB, CSB e NCST), e também pelo ANDES-SN, junto com o Fórum das 31 Entidades Nacionais de Servidores Públicos Federais (SPF) e outras entidades nacionais e estaduais.

O vigor e diversidade dos protestos confirmou as avaliações dos dias anteriores: a mobilização foi forte em todo o país; na região metropolitana de Porto Alegre e em Vitória (ES), a greve foi geral!

Para a presidente do ANDES-SN, profª Marinalva Oliveira, as paralisações e manifestações do dia 11 serviram para mostrar que a classe trabalhadora está insatisfeita com as políticas dos governos federal, estaduais e municipais e deu uma demonstração clara de que não irá mais aceitar pagar a conta da crise gerada pelo modelo de gestão em curso no país, que destina verbas públicas para socorrer empresas e bancos do setor privado, privilegiando uma minoria, ao invés de destinar recursos para as políticas públicas.

 

Região metropolitana de Porto Alegre: paralisação geral

Na região metropolitana de Porto Alegre, “foi uma verdadeira greve geral”, avalia Érico Corrêa, membro da coordenação/RS da central sindical CSP-Conlutas. Como noticiou acertadamente em sua capa o Correio do Povo: “Tudo parado”. Corrêa acrescenta “Pararam os transportes públicos, escolas, universidades, repartições públicas municipais, estaduais e federais, o comércio, os bancos, e ainda a adesão de outras categorias de trabalhadores e da juventude. Houve grande participação da juventude, estudantil e trabalhadora”. As reivindicações eram: verbas para a saúde pública, 10% do PIB para a Educação Pública Já, fim do fator previdenciário, revalorização das aposentadorias,…

Houve vários cortejos de manifestantes que resultaram em duas concentrações/atos (na Praça da Matriz e no Largo Glênio Peres) e uma passeata (impulsionada pelo “Bloco de Lutas”). O ANDES-Seção Sindical/UFRGS fez-se presente nas três atividades com membros de sua diretoria e filiados.

 

Leia mais em:

– Centrais sindicais avaliam positivamente o Dia de Lutas http://www.sedufsm.org.br/index.php?secao=noticias&id=2178

– Docentes se mobilizam e fortalecem Dia Nacional de Lutas em todo o país http://www.andes.org.br/andes/print-ultimas-noticias.andes?id=6158

– 11 de julho foi um dia histórico com atos de rua, paralisações e greves em todo país http://cspconlutas.org.br/2013/07/confira-os-primeiros-informes-sobre-o-que-ja-acontece-neste-11-de-julho/#sthash.5mMuDgnn.dpuf

 

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: