• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • junho 2013
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS, nº 32, 30/06/2013.

PAUTA:

1-Seção Sindical/UFRGS convoca Assembleia Geral Extraordinária nesta quarta-feira.

2-Governo condiciona acesso ao contracheque à leitura de informe propagandístico sobre Funpresp.

 

1-Seção Sindical/UFRGS convoca Assembleia Geral Extraordinária nesta quarta-feira

A Seção Sindical/UFRGS chama à realização de Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se nesta quarta-feira, 03 de julho, às 17h00 (em segunda convocação), no Auditório da Faculdade de Economia, para:

– debater o quesito das eleições da Diretoria e do Conselho de Representantes;

– modificar o artigo 2º, item XI do Regimento Interno;

– Eleger delegado e indicar observador(es) para o 58° CONAD do ANDES-SN, a realizar-se de 18 a 21 de julho, em Santa Maria, RS.

Diante da informação de que oito centrais sindicais (CSP-conlutas, CUT, CTB, etc.) convocaram um Dia Nacional de Luta, com paralisação, para o dia 11 de julho, a diretoria da Seção Sindical proporá que o tema seja introduzido na pauta da Assembleia, devendo esta debater e decidir a favor, ou não, da adesão da Seção Sindical ao chamado ao Dia Nacional de Luta de 11/07 e, em caso de resposta positiva, com quais reivindicações e com que forma(s) de luta.

2-Governo condiciona acesso ao contracheque à leitura de informe propagandístico sobre Funpresp

As manobras do governo para pressionar os servidores públicos federais a aderirem a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público do Poder Executivo (Funpresp-EXE) também estão presentes nos sistemas que disponibilizam documentos, condicionando o acesso à versão eletrônica do contracheque à confirmação de leitura de informes que fazem propaganda sobre o projeto de implementação da previdência complementar arquitetado pelo governo.

Para os servidores que acessam o contracheque apenas na versão eletrônica no Siapenet, a confirmação da leitura é obrigatória, pois o documento só é disponibilizado após o clique na opção ‘confirmar’. A mensagem do governo que antecede à visualização do documento evidencia a intenção de atrair adesões de servidores públicos, entre eles os professores, ao Funpresp.

“Esta é uma maneira de o governo divulgar o Funpresp, como se a Fundação fosse a grande solução dos problemas dos servidores públicos que irão aposentar daqui para frente. Ao abrir a página, há uma mensagem que diz ‘como realizar seus planos’ mas, na verdade, o Funpresp é uma grande perda para os servidores”, afirma o encarregado de Assuntos de Aposentadoria e coordenador do Grupo de Trabalho de Seguridade Social e Assuntos de Aposentadoria do ANDES-SN (GTSSA),  Almir Menezes Filho. Para o diretor do Sindicato Nacional, o governo pode afirmar que as pessoas que estão acessando a mensagem são favoráveis à Fundação.

 

O GTSSA/ANDES emitiu nota a respeito. Leia mais em http://www.andes.org.br/andes/print-ultimas-noticias.andes?id=6076

Fonte: ANDES-SN

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade! 

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: