• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • janeiro 2013
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

ANDES-SN terá agenda com MEC para discutir problemas nas IFE

Em reunião com diretores do ANDES-SN na tarde desta terça-feira (15) o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, reconheceu a necessidade de estabelecer uma agenda de reuniões com o Sindicato Nacional para tratar da pauta apresentada pela entidade, incluindo questões referentes à carreira docente e condições de trabalho nas Instituições Federais de Ensino (IFE).

No encontro, a presidente do ANDES-SN, Marinalva Oliveira, apontou que a promulgação da Lei 12.772/2012 não encerra a discussão da reestruturação da carreira docente e nem acaba com diversos problemas nas instituições denunciados pelo movimento docente, muitos dos quais inclusive levaram à paralisação que durou mais de quatro meses.

“Suspendemos a greve do ano passado, mas a categoria compreende que nenhum dos dois pontos centrais do movimento foi atendido. O fato de o ministro Mercadante assumir que precisa ter interlocução com o ANDES-SN sobre essas questões mostra que o MEC reconhece a importância e a legitimidade do Sindicato Nacional e a força do movimento docente”, registra Marinalva.

Os diretores do ANDES-SN ressaltaram ainda durante a reunião que, com a implementação da Lei que altera da carreira docente, os professores perceberão que muitos dos problemas permanecem. “Para isso, solicitamos uma agenda de discussões para resolver essas pendências”, explica a presidente do Sindicato Nacional, que participou do encontro acompanhada do secretário geral, Márcio Oliveira, do 1º tesoureiro, Fausto Camargo Junior, e da 1ª secretária, Marina Barbosa.

Além da carreira docente, o ANDES-SN apontou também a necessidade de discutir a agenda para concursos públicos, avaliação institucional, política de pesquisa nas IFE e a relação com as agências reguladoras (Capes e CNPq), infraestrutura nos Campi, biossegurança, gestão democrática, assédio moral e eleição para reitor, entre outros.

Os representantes do MEC pediram que o ANDES-SN encaminhe documentos com as problemáticas a serem debatidas para agendamento da próxima reunião, que deve ocorrer nos próximos 15 dias. Foi solicitado ainda que o Sindicato Nacional apresente suas contribuições sobre os temas que estão sendo regulamentados com a Lei 12.772/12.

“A reunião foi positiva, pois nos permitirá ter uma agenda de reuniões com o MEC antes do nosso 32º Congresso, que ocorre no Rio de Janeiro, no início de março, no qual a categoria irá deliberar sobre o plano de lutas do Sindicato para 2013. Assim, poderemos avaliar como essas reuniões se desenvolveram até lá e informar a categoria, para termos melhores condições de deliberação”, conclui Marinalva.

 Fonte: ANDES-SN
15.01.2013
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: