• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • agosto 2012
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Boletim Informativo do Comando de Greve dos Docentes da UFRGS, nº 20/2012 – 01/08/2012

O Comando Local de Greve/UFRGS (CLG/Ufrgs) foi constituído pela AG Docente de 25/06; vem sendo ampliado com representantes e suplentes das Unidades. A lista de seus membros consta em https://andesufrgs.wordpress.com/ Para entrar em contato com o comando: clg.ufrgs@gmail.com

 

PAUTA:

1.Governo suspende reunião com servidores federais em greve e adia para 13/08

2.Servidores técnico-administrativos da UFRGS ocupam CPD da UFRGS por tempo indeterminado, devido a mais uma protelação do governo

3-Porto Alegre, Brasília e outras capitais sediam manifestações dos grevistas nesta terça-feira: no Dia Nacional de Luta, osServidores Federais vão às ruas em várias capitais para exigir negociação

4-ANDES-SN realiza vigília nacional durante reunião das entidades docentes com governo, nesta 4af.

 

1.Governo suspende reunião com servidores federais em greve e adia para 13/08

Um dia antes diz de reunir-se com os representantes do Fórum das 31 Entidades Nacionais de servidores públicos federais, muitas em greve (entre as quais o ANDES-SN), o secretário de Relações do Trabalho do governo federal, Sérgio Mendonça, enviou nesta segunda-feira (30/07) um ofício cancelando as reuniões da Mesa Nacional de Negociação previamente agendadas para esta semana.

As novas reuniões serão realizadas de 13 a 17 de agosto. O adiamento frustra completamente as expectativas de servidores de mais de 26 categorias em greve em 25 estados e no Distrito Federal, pois, desde o início do ano, o próprio Ministério do Planejamento apontava o dia 31 de julho como a data em que seria possível apresentar respostas concretas às demandas protocoladas pelos servidores em janeiro.

A suspensão é mais um sinal de que o governo não tem proposta e pretende trabalhar com fatos consumados, já que o final de julho era o prazo fixado pelos próprios negociadores do Palácio do Planalto.

A pauta salarial geral dos servidores federais inclui a definição de uma data-base e de uma política salarial, bem como uma recomposição salarial emergencial de 22,08% (isto é, a correção da inflação desde 2010 e a aplicação do crescimento acumulado do Produto Interno Bruto – PIB).

A resposta dos servidores às medidas protelatórias do governo é o fortalecimento da greve, com a realização de atos públicos, manifestações e ocupações de prédios públicos em todo o país.

Fonte: ANDES-SN, com informação da Condsef e da Agência Brasil.

2-Servidores técnico-administrativos da UFRGS ocupam CPD da UFRGS por tempo indeterminado, devido a mais uma protelação do governo

Em atividade de greve orientada pela sua federação nacional, a FASUBRA, os técnico-administrativos da UFRGS, em greve há 49 dias, realizavam, na manhã de 30 de julho, Ato, com café da manhã e reunião do comando local de greve, no Centro de Processamentos de Dados da UFRGS. Enquanto debatiam sobre os rumos da greve, os servidores foram surpreendidos pela informação de que o governo havia transferido mais uma vez a reunião agendada para o dia 31 de julho.

Insatisfeitos com a intransigência do governo, aprovaram, por unanimidade, ocupar o espaço, por tempo indeterminado, para pressionar o governo, pois o CPD é o coração da UFRGS, por ali são realizadas as inscrições para vestibular, matrículas, isenções, entre outras. A campanha orientada pela FASUBRA é: “Sem negociar, não tem matrícula e nem vestibular”.

Fonte: Assufrgs

 

3-Porto Alegre, Brasília e outras capitais sediam manifestações dos grevistas nesta terça-feira, Dia Nacional de Luta

 

Servidores Federais vão às ruas em várias capitais para exigir negociação

Tornou-se mais intensa esta terça-feira, 31, que já estava prevista como ‘Dia Nacional de Luta’, abarcando diversas manifestações do funcionalismo público federal de norte a sul do país, devido ao fato de ser a data em que o governo comprometeu-se em apresentar proposta às categorias.

O motivo da intensificação foi o cancelamento, por parte do governo federal, das reuniões previstas para a apresentação de propostas. Diante disso, a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a ponte sobre o Guaíba e o centro de Porto Alegre foram exemplos de locais onde os grevistas saíram às ruas.

As manifestações desta terça foram convocadas pelas centrais sindicais CSP-Conlutas, CTB e CUT, junto com o Fórum das 31 Entidades Nacionais representativas das categorias do funcionalismo federal. O mote em todas as capitais foi “Chega de enrolação, negocia Dilma!”.

Brasília

A frente da Catedral de Brasília foi o ponto de encontro dos servidores público federais, que seguiram em caminhada rumo ao Ministério da Fazenda, onde a orientação era de que continuassem concentrados. Duas faixas do eixo no sentido Praça dos Três Poderes foram interditadas, segundo informações da Polícia Militar.

Porto Alegre

Já na capital gaúcha, a manifestação dos servidores federais deixou o trânsito lento, desde os acessos à ponte do Guaíba, na BR-290, até o Mercado Público, na região central, durante a parte da manhã. Tendo início por volta das 7h30, o ato congestionou cerca de 10 km de extensão no sentido interior-Capital, segundo a concessionária da rodovia. Após o bloqueio, os servidores caminharam em direção ao centro da Capital pela avenida Castelo Branco, ocupando duas das três faixas da avenida.

A manifestação terminou com a chegada dos servidores federais ao Largo Glênio Peres, ao lado do Mercado Público. A atividade de greve teve apoio de sindicatos e estudantes. A diretora do Sindicato dos Trabalhadores Federais da Saúde (Sindisprev-RS), Sílvia Regina Souza Vieira, afirmou que os servidores uniram-se em represália ao cancelamento das reuniões com o governo federal. “Se não houver uma conversa, esse tipo de ato vai ficar cada vez mais frequente”, disse a dirigente.

Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus e Recife também foram capitais que receberam protestos de servidores do funcionalismo público.

Leia mais – Dia Nacional de Luta dos servidores federais, em Porto Alegre: https://andesufrgs.wordpress.com/2012/07/31/dia-nacional-de-lutas-dos-servidores-publicos-em-porto-alegre-trabalhador-na-rua-dilma-a-culpa-e-sua/

Fontes: ANDES-SN, Zero Hora, ClicRBS, Correio do Povo, Jornal do Comércio, Rádio Guaíba, Terra, Globo, Correio Braziliense 

 

4-ANDES-SN realiza vigília nacional durante reunião das entidades docentes com governo, nesta 4af.

Hoje, 1º de agosto, às 21 horas, ocorrerá em Brasília a reunião dos representantes do governo com os Comandos Nacionais de Greve (CNGs) do ANDES-SN e Sinasefe e com o Proifes. As Assembleias Gerais (AGs) realizadas nas diferentes IFES reprovaram a proposta governamental apresentada no último dia 24/07. Atentos à negociação e firmes na posição democraticamente definida pelo conjunto das AGs, o ANDES-SN estará em vigília nacional durante a reunião em Brasília.

LOCAL da vigília em Porto Alegre: Campus Saúde, Prédio da Bioquímica, às 19 h. Atualização das informações em https://andesufrgs.wordpress.com/

A GREVE NACIONAL É FORTE! A LUTA É AGORA!

Nossos direitos cabem no papel. Em nossas mãos cabe a conquista!

Deixe um comentário

2 Comentários

  1. teremos que lutar pelo nossos direitos

    Responder
  2. de pleno acordo com a greve

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: