• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • julho 2012
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Governo confirma nova reunião com docentes em greve para às 14h desta terça (24)

Governo confirma nova reunião com docentes em greve para às 14h desta terça (24)

A reunião os professores em greve e o governo foi confirmada pelo Ministério do Planejamento para às 14 horas desta terça (24). A expectativa é que os membros do Executivo tragam para a mesa de negociação uma nova proposta, com base nas referências apresentadas pelos sindicatos nesta segunda (23) e absorvendo as críticas feitas à primeira proposta do governo.

O Comando Nacional de Greve (CNG) do ANDES-SN apresentou aos representantes dos ministérios da Educação e do Planejamento um documento (leia aqui) no qual explicam por que as assembléias docentes rejeitaram unânime e categoricamente a proposta feita na última sexta-feira (13), que entre outros problemas aprofunda a desestruturação da carreira dos professores federais, leva a perdas salariais e ainda fere a Leis de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e a autonomia universitária, garantida na Constituição Federal.

Há 69 dias em greve, os professores federais decidiram pela paralisação após várias tentativas de negociar com o governo a reestruturação do plano de carreira da categoria.

Em fevereiro de 2011, o ANDES-SN protocolou a sua proposta de carreira junto aos órgãos do governo e após várias reuniões não houve avanço nas negociações. No final de agosto do ano passado, os docentes firmaram um acordo emergencial com o governo que previa a formação de um grupo de trabalho para concluir o processo de reestruturação da carreira até 31 de março de 2012.

Considerando o desrespeito do governo com a categoria, que há tempos também vem denunciando os problemas infraestruturais e de condições de trabalho e estudo nas Instituições Federais de Ensino (IFE) os docentes deflagraram greve. A proposta apresentada no dia 13 de julho foi a primeira feita pelo governo desde o início da paralisação que engloba mais de 95% das IFE em todo o país.
 

Fonte: ANDES-SN
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: