• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • julho 2012
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Governo federal apresenta proposta, mas dúvidas sobre aumento permanecem

Na última sexta-feira, 13, o Ministério do Planejamento apresentou uma proposta para os docentes federais. Conforme o Comando Nacional de Greve (CNG) do ANDES-SN, o documento é complexo e necessita de melhores esclarecimentos por parte do governo. Novos esclarecimentos foram solicitados pelos dirigentes das entidades e ficou agendada uma nova reunião para o dia 23 de julho, às 14h.

Conforme o presidente da seção sindical do ANDES-SN na UFRGS, a proposta será debatida pelos Comandos Locais de Greve em todo o país. Na UFRGS, o assunto será debatido na  Assembleia Geral marcada para terça-feira, dia 17 de julho, às 14 horas (Sala 101, FACED, Campus Centro).

Para Carlos Alberto Gonçalves, o reajuste de 45%, imensamente divulgado pelo governo, contém imprecisões. Carlos Alberto afirma que esse percentual já inclui os 4% de reposição concedida pelo governo em março deste ano. Portanto, a reposição seria em torno de 40%. Análises preliminares do CNG indicam que nem toda a categoria será contemplada, uma vez que este valor seria aplicado apenas ao salário dos professores titulares, classe com o menor número de professores na categoria. Para as outras classes, a porcentagem varia muito.

A professora Laura Fonseca destaca que a proposta: (a) mantém duas carreiras: Magistério Superior (MS) e Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) e a gratificação por titulação em valor nominal; (b) o ingresso se dará no menor nível da carreria, independente da titulação; e (c) não garante a paridade entre ativos e aposentados. Entre as inconsistências, embora a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB (9395/96) trabalhe com a carga horária de 8h semanais, o governo apresenta 12h.

Para a seção sindical do ANDES, com esta nova proposta, a única forma de mudança de classe é através da titulação, tanto para MS como EBTT. Atualmente, é possível a mudança de classe mesmo sem titulação, tendo em vista que a busca por estudos em nível de mestrado e doutorado não dependem da vontade do professor, mas da falta de oportunidades de acessar estes níveis de ensino.
A proposta do governo impõe mais barreiras e limites para o avanço dos docentes na carreira.

O professor Carlos Schmidt da Faculdade de Economia/UFRGS, observa que, levando-se em conta a estimativa média de 5,5% de inflação ao ano, no período de 2010 a 2015, a inflação acumulada chegará a 37,88%. Com isso, a proposta de 40% corresponderia apenas a recomposição da inflação deste período.

Deixe um comentário

1 comentário

  1. Stelio Araujo

     /  16 de julho de 2012

    O sistema educacional brasileiro e o país continuarão sofrendo as consequências de uma EDUCAÇÃO MENDICANTE? Esse é o país aonde se espera que a maioria das escolas funcionem sem estrutura de base, sem bedéis, sem limpeza, sem lavatorios e privadas, sem segurança, sem manutenção de equipamentos e de prédios e com falhas de iluminação. Por isso o governo considera muito normal a idéia de sub-assalariar o professorado como parte das políticas de contenção econômica. Isso condena o país a ampliação da dependência externa, do pagamento de royaltes, dos gastos com saúde, sem que se remunere corretamente a estes profissionais como também a todos os profissionais que fazem o atendimento de massa no país. Isso é muito velho na gestão do Brasil. O que há de novo nestas políticas?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: