• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • julho 2012
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Ampliação da greve na UFRGS, UFSCPA e IFRS

Cerca de 250 professores, sem qualquer filiação sindical ou associados a uma das três entidades representativas dos docentes federais, SINASEFE, ANDES E ADUFRGS/PROIFES, participaram hoje de Assembleia Geral convocada pela ADUFRGS Sindical para discutir a greve na UFRGS, UFCSPA e IFRS.

Por ampla maioria, a Assembleia rejeitou a proposta da Adufrgs de iniciar a greve em agosto e se posicionou pela greve imediata e por tempo indeterminado, aprovando a retenção de conceitos como estratégia de mobilização da categoria.

A pauta de reivindicações proposta pela direção da ADUFRGS foi votada ponto a ponto, tendo sido modificada pela plenária.

Acompanhando as discussões da greve nacional, foram aprovados os seguintes pontos:

1. Reabertura imediata das negociações;

2. Reestruturação das carreiras do Magistério Superior (MS) e do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT);

3. Correção de distorções ocorridas na criação da classe de associado em 2006;

4. Progressão dos professores na carreira do EBTT com o atendimento da progressão de D1 para D2 ou D3 para os titulados, incluindo aqueles que estão regularmente matriculados em programas de pós-graduação, até que lei seja regulamentada;

5. Expansão do ensino público federal com qualidade.

Proposta de Comando UNITÁRIO de greve

Por fim, baseado na experiência histórica de criação de um Comando de Greve em todas as paralisações da UFRGS, partiu de membros do plenário a proposta de organização de um Comando UNITÁRIO de Greve formado com representantes das Unidades, sendo também garantida a necessária presença de representante(s) de cada uma das entidades representativas das IFES concernidas pela AG: Adufrgs-Sindical, ANDES, Sinasefe.

A proposta foi recebida com simpatia pela ampla maioria dos presentes, mas esbarrou na negativa da diretoria da Adufrgs em participar do Comando. Diante desse fato, professores presentes propuseram que se ampliasse e fortalecesse o Comando Local, criado pela AG de 25/06, com a inclusão de representantes de outras Unidades bem como de membros da diretoria do Sinasefe, ficando garantido o lugar da diretoria da Adufrgs, caso alterasse seu posicionamento.

O Comando Local de Greve saúda os colegas que ingressam agora no debate e conclama a todos os docentes para a construção da agenda de mobilização na Universidade.

 

ANDES/Ufrgs manifesta-se pela unidade

O prof. Ponge tomou a palavra na condição de vice-presidente do ANDES-Seção Sindical/UFRGS. Declarou que a existência de três entidades sindicais representativas dos docentes na UFRGS, UFCSPA e IF-POA pode ser lamentado, mas deve ser encarada com maturidade, sem sectarismo. Nosso adversário é o governo, seu finge-que negocia e suas ameaças de corte do ponto. Ponge deixou claro que o ANDES-UFRGS trabalha incondicionalmente pela unidade, na greve, de todos os docentes da UFRGS, independentement de questões de filiação ou não a tal ou qual entidade. Manifestou, também, a disposição do ANDES/Ufrgs para sentar na mesa com a diretoria da ADUFRGS-Sindical para discutir conjuntamente questões de interesse da greve.

A proposta foi acolhida pela presidente da Adufrgs-Sindical, Profª Maria Luiza Ambros von Holleben. Finalizada a Assembleia Geral, ambos Maria Luiza e Ponge acordaram o encaminhamento de um pedido conjunto de audiência com o Reitor sobre a circular governamental do corte de ponto e sobre a reunião da Associação Nacional dos Reitores (ANDIFES) que debateu esta questão.

 

O Comando Local de Greve saúda os colegas que ingressam agora no debate e conclama a todos os docentes para a construção da agenda de mobilização na Universidade.

A GREVE É FORTE! A LUTA É AGORA!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: