• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • julho 2012
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Boletim Informativo do Comando de Greve dos Docentes da UFRGS – 04.07.2012

nº 04/2012

PAUTA:

1-Convocação de Assembleia Geral.

2-Confira o listão das Instituições Federais de Ensino (IFEs) em greve.

3-Mapa da greve nacional dos docentes das IFEs.

 

1-Assembleia Geral, quinta-feira., 05/07, 17h00, Faculdade de Economia

 

Colega:

Já  conta  45  dias  a Greve  Nacional  Docente  que  atinge  95% das Universidades Federais, 95% dos Institutos Federais  (mais de 200 campi) e 100% dos Centros Federais de Educação Tecnológica.

Extremamente concorrida (200 presentes), a Assembleia Geral dos Docentes da UFRGS, realizada em 25/06 , decidiu pela adesão de nossa Universidade ao movimento nacional a partir da última sexta-feira.

A postura do Governo  segue  sendo a mesma dos últimos dois anos: não apresenta  nenhuma  proposta  concreta!  Continua  mudo  em  relação  às reivindicações. Não se engane: não há proposta do governo! É necessário aumentar a pressão para obrigar o governo a negociar efetivamente.

Para avaliar esta postura do Governo, debater as orientações do Comando Nacional de Greve e definir iniciativas para fortalecer o movimento grevista na UFRGS,  o Comando Local de Greve convoca todos(as) docentes da UFRGS para:

 

ASSEMBLEIA GERAL DOS DOCENTES DA UFRGS

Dia 05 de julho – quinta-feira, 17h00
Auditório da Faculdade de Economia, Campus Centro, av. João Pessoa, 52

PAUTA:

-Informes nacionais e locais;

-Efetivação da retenção (não apropriação) de conceitos;

-Fortalecimento da greve.

Compareça!

A GREVE NACIONAL É FORTE! A LUTA É AGORA!

Nossos direitos cabem no papel. Em nossas mãos cabe a conquista!

 

 

2-Confira o listão das Instituições Federais de Ensino (IFEs) em greve

A- IFEs representadas no Comando Nacional de Greve (CNG) que reúne na sede do ANDES-SN (dados de 01/07/2012) – Fonte: https://docs.google.com/file/d/0Bzz4VZkJH1bsWWphdFdlRUxXYlU/edit?pli=1

1. Universidade Federal do Amazonas

2. Universidade Federal de Roraima

3. Universidade Federal Rural da Amazônia

4. Universidade Federal do Pará

5. Universidade Federal do Oeste do Pará

6. Universidade Federal do Amapá

7. Universidade Federal do Maranhão

8. Universidade Federal do Piauí

9. Universidade Federal Rural do Semi-Árido

10. Universidade Federal da Paraíba

11. Universidade Federal de Campina Grande

12. Universidade Federal Rural de Pernambuco

13. Universidade Federal de Alagoas

14. Universidade Federal de Sergipe

15. Universidade Federal do Triângulo Mineiro

16. Universidade Federal de Uberlândia

17. Universidade Federal de Viçosa

18. Universidade Federal de Lavras

19. Universidade Federal de Ouro Preto

20. Universidade Federal de São João Del Rey

21. Universidade Federal do Espírito Santo

22. Universidade Federal do Paraná

23. Universidade Federal do Rio Grande – FURG

24. Universidade Federal do Mato Grosso

25. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

26. Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri

27. Universidade Tecnológica Federal do Paraná

28. Instituto Federal do Piauí

29. Centro Federal de Educação Tecnológica de MG

30. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

31. Universidade do Vale do São Francisco

32. Universidade Federal de Goiás (Campi de Goiânia, Cidade de Goiás, Catalão e Jataí)

33. Universidade Federal de Pernambuco

34. Universidade Federal do Acre

35. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

36. Universidade Federal do Rondônia

37. Universidade de Brasília

38. Universidade Federal de Juiz de Fora

39. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais

40. Universidade Federal do Pampa

41. Universidade Federal de Alfenas

42. Universidade Federal Fluminense

43. Universidade Federal do Rio de Janeiro

44. Universidade Federal de São Paulo

45. Universidade Federal de Grande Dourados

46. Universidade Federal de Santa Maria

47. Universidade Federal do Tocantins

48. Universidade Federal da Bahia

49. Universidade de Integração Latino Americana

50. Universidade Federal do ABC

51. Universidade Federal do Ceará

52. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

53. Instituto Federal de Minas Gerais – Formiga

54. Universidade Federal de Minas Gerais

55. Universidade Federal da Fronteira Sul

56. Universidade Federal de Santa Catarina

57. Universidade Federal de Pelotas

58. Este é o lugar da UFRGS. Realizada em 25/06, a Assembleia Geral dos Professores da UFRGS decidiu pela adesão à greve nacional. Seja parte ativa do processo de construção da greve na UFRGS!

B- Institutos Federais (IFs, IFETs, CEFETs…) em greve organizados no Comando Nacional do SINASEFE: 38 Institutos Federais  (mais de 200 campi) em greve (OBS: os CNGs do ANDES-SN e do Sinasef mantém um Comitê de contato e ligação, buscando atuar em sintonia um com o outro) – Fonte: Sinasefe.

 

Mapa da Greve – 28.06.2012

https://andesufrgs.files.wordpress.com/2012/06/mapa-da-greve-28-de-junho.jpg?w=600&h=618

 

NOSSAS PRINCIPAIS REIVINDICAÇÕES

I-CARREIRA DOCENTE – Propostas do ANDES-SN

– Pela incorporação das gratificações (Gemas, RT): uma linha só no contracheque!

– Uma só carreira para os docentes das universidades e IFs!

– Piso salarial de R$ 2.329,35 (para Regime de 20 horas)!

– Carreira com 13 níveis (5% de variação entre cada nível)! )!

Uma síntese da proposta de Carreira Docente do ANDES-SN pode ser encontrada na página 2 de https://docs.google.com/file/d/0Bzz4VZkJH1bsUWhINnBhVzFXZ0U/edit?pli=1

Veja aqui o plano de carreira proposto pelo ANDES-SN, aprovado por unanimidade no 30º Congresso do Sindicato Nacional.

II- MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO (melhorias materiais, pelo fim da sobrecarga de trabalho)

III- REIVINDICAÇÕES SALARIAIS formuladas em conjunto com os demais servidores públicos federais

– Recomposição salarial emergencial de 22,8%

– Na Medida Provisória 568, rejeição da Seção XXIV que altera negativamente os dispositivos do RJU a respeito da insalubridade e da periculosidade (transformando as porcentagens em valores fixos).

IV-REIVINDICAÇÕES LOCAIS (pauta a ser elaborada)

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: