• Sindicalize-se!

  • Seção Sindical ANDES/UFRGS no Facebook

  • Cartilha sobre Assédio Moral

  • Assessoria Jurídica

  • Site ANDES-SN

  • Eventos por vir

    Nenhum evento

  • maio 2012
    S T Q Q S S D
        jun »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • É para rir?

  • Categorias

  • + notícias

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

InformANDES na UFRGS – 23.05.2012

InformANDES na UFRGS, nº 58/2012 – 23/05/2012

A Seção Sindical do ANDES-SN na UFRGS informa!

Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN

Cresce a adesão à greve nacional dos docentes das Federais

Docentes de mais seis universidades aderem à paralisação nacional

Professores de mais seis universidades aderiram à greve dos docentes das Instituições Federais de Ensino Superior deflagrada na última quinta-feira (17) pelo ANDES-SN. Nesta segunda-feira 21/05, a Universidade de Brasília (UnB), a Federal de Juiz de Fora (UFJF – MG) e a Federal do Pampa (Unipampa – RS) aderiram à paralisação nacional das atividades; na terça-feira 22/05, a Universidade Federal Fluminense entrou em greve, cumprindodeliberação votada em Assembléia Geral na semana passada.

Além disso, os docentes das universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ) e de São Paulo (Unifesp) decidiram também aderir ao movimento. A adesão à greve dos docentes da UFRJ e da Unifesp foi votada nesta terça em assembléias consideradas históricas pelo número de professores presentes e tem início a partir de hoje, quarta-feira 23/05.

Até o momento são 42 instituições federais de ensino (40 universidades e dois institutos federais) com as atividades suspensas por tempo indeterminado. Confira aqui a lista completa atualizada até às 18 horas desta terça-feira.

Para o Comando Nacional de Greve do ANDES-SN, a força dos primeiros dias de paralisação “demonstra de forma contundente e inequívoca a indignação que tomou conta da categoria depois de tantas tentativas de negociação com o governo sem resultados concretos. A precarização das condições de trabalho nas instituições federais de ensino vem se agravando dia a dia com falta de professores, de salas de aula, de laboratórios e até mesmo de materiais básicos para funcionamento”.

Próximas reuniões com o governo

O ANDES-SN tem duas reuniões agendadas com o governo. Nesta quarta-feira (23), os docentes se reúnem no final da tarde com o responsável pela Secretaria de Ensino Superior (Sesu/MEC), secretário Amarno Lins. Já napróxima segunda-feira (28), está agendada uma reunião do GT Carreira com representantes do MEC e do Ministério do Planejamento.

Reivindicações

Tendo como referência a pauta da Campanha 2012 dos professores federais, aprovada no 31º Congresso do Sindicato Nacional (ANDES-SN) e já protocolada junto aos órgãos do governo desde fevereiro, os docentes reivindicam a reestruturação da carreira – prevista no Acordo firmado em 2011 e descumprido pelo governo federal.

A categoria pleiteia carreira única, com 13 níveis remuneratórios e variação de 5% entre estes níveis, a partir do piso para regime de 20 horas correspondente ao salário mínimo do Dieese (atualmente calculado em R$ 2.329,35), incorporação das gratificações e percentuais de acréscimo relativos à titulação e ao regime de trabalho.

Os professores também querem a valorização e melhoria das condições de trabalho dos docentes nas Universidades e Institutos Federais e atendimento das reivindicações específicas de cada instituição, a partir das pautas de elaboradas localmente.

Vale lembrar que estas são reivindicações históricas da categoria docente e que a reestruturação da carreira vem sendo discutida desde o segundo semestre de 2010, sem registrar avanços efetivos.

O acordo emergencial firmado entre o Sindicato Nacional e o governo no ano passado estipulava o prazo de 31 de março para a conclusão dos trabalhos do grupo constituído entre as partes e demais entidades do setor da educação para a reestruturação da carreira.

Por diversas vezes, o ANDES-SN cobrou do governo uma mudança na postura e tratamento dado aos docentes, exigindo agilidade no calendário de negociação, o que não ocorreu. A precariedade nas Instituições Federais, em diversas partes do país, principalmente nos campi criados com a expansão via Reuni, também vem sendo há tempos denunciada pelo Sindicato Nacional.

Serviços essenciais
Muitas das instituições em greve prestam serviços considerados essenciais à população, como o atendimento nos Hospitais Universitários, além de outros cuja interrupção causaria danos irreparáveis. O Comando Nacional de Greve informa que, em cada comando local, foram constituídos comitês, que avaliarão quais atividades não podem ser interrompidas. Os professores devem organizar escalas de serviço para que o atendimento à população não seja prejudicado.

Comando Nacional de Greve divulga “Nota à Sociedade Brasileira”

Em carta à sociedade divulgada e distribuída nacionalmente, o Comando Nacional de Greve explica à população o que motivou a paralisação nacional dos professores federais.
Confira aqui a íntegra do documento.

Fonte: ANDES-SN, 21 e 22/05/2012.

Lista das Instituições Federais de Ensino (IFEs) em greve

01. Universidade Federal do Amazonas (ADUA)
02. Universidade Federal de Roraima (SESDUF-RR)
03. Universidade Federal Rural do Amazonas (ADUFRA)
04. Universidade Federal do Pará (Belém e Marabá) (ADUFPA e SINDUFPA-MAR)
05. Universidade Federal do Oeste do Pará (SINDUFOPA)
06. Universidade Federal do Amapá (SINDUNIFAP)
07. Universidade Federal do Maranhão (APRUMA)
08. Universidade Federal do Piauí (ADUFPI)
09. Universidade Federal do Semi-Árido (Mossoró) (ADUFESA)
10. Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB)
11. Universidade Federal de Campina Grande (Campina Grande, Cajazeiras, Patos) (ADUFCG, ADUFCG-PATOS, ADUC)
12. Universidade Federal Rural de Pernambuco (ADUFERPE)
13. Universidade Federal de Alagoas (ADUFAL)
14. Universidade Federal de Sergipe (ADUFS)
15. Universidade Federal do Triângulo Mineiro (ADUFTM)
16. Universidade Federal de Uberlândia (ADUFU)
17. Universidade Federal de Viçosa (ASPUV)
18. Universidade Federal de Lavras (ADUFLA)
19. Universidade Federal de Ouro Preto (ADUFOP)
20. Universidade Federal de São João Del Rey (ADFUNREI)
21. Universidade Federal do Espírito Santo (ADUFES)
22. Universidade Federal do Paraná (APUFPR)
23. Universidade Federal do Rio Grande – FURG (APROFURG)
24. Universidade Federal do Mato Grosso (Cuiabá, Rondonópolis) (ADUFMAT)
25. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (ADUR-RJ)
26. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (SINDFAFEID)
27. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (SINDUTF-PR)
28. Instituto Federal do Piauí – CEFET/PI (SINDCEFET-PI)
29. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET/MG (SINDCEFET-MG)

30. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (APUR)

31. Universidade do Vale do São Francisco – Campus de Juazeiro (SINDUNIVASP)

32. Universidade Federal de Goiás (Campus de Catalão) (ADCAC)

33. Universidade Federal de Pernambuco (ADUFEPE)

34. Universidade Federal do Acre (ADUFAC – AC)

35. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (ADUNIRIO – RJ)

36. Universidade Federal de Rondônia (ADUNIR – RO)

37. Universidade de Brasília (UnB)

38. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – MG)

39. Universidade Federal do Pampa (Unipampa – RS)

40. Universidade Federal Fluminense (UFF – RJ)

41. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ – RJ)

42.  Universidade Federal de São Paulo (Unifesp – SP)

Fonte: ANDES-SN, 22/05/2012.

Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!

– Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!

– 10% do PIB para Educação Pública, já!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: